sexta-feira, 18 de Novembro de 2011 18:54h Atualizado em 19 de Novembro de 2011 às 08:02h. Luciano Eurides

Montillo volta ao Cruzeiro

Para o próximo jogo do Cruzeiro, que acontecerá neste domingo, contra o Atlético-PR, na Arena do Jacaré, além de Léo, outros dois zagueiros da Raposa também desfalcarão o time. É que o uruguaio Victorino recebeu o terceiro cartão amarelo e Naldo foi expulso na partida contra o Avaí-SC. Ambos cumprirão suspensão automática.Montillo treinou ontem.
O exame de ressonância magnética feito no zagueiro Léo nessa quinta-feira constatou um estiramento ‘grau 1’ na coxa esquerda e o jogador ficará fora de combate por dez dias. Com isso o defensor celeste deverá desfalcar o Cruzeiro nas próximas duas rodadas do Campeonato Brasileiro.


Léo se machucou no primeiro tempo do jogo contra o Avaí-SC, disputado na última quarta-feira, na Ressacada, em Florianópolis, pela 35ª rodada do Brasileirão, e teve de ser substituído por Naldo.
Uma formação diferente no treino de ontem na Toca da Raposa II. Mancini fez um 4-3-3 Marquinhos Paraná na direita, Cribari e Leandro Guerreiro na zaga e Diego Renan na esquerda. Charles, Everton e Montillo no meio campo. Ortigoza, Anselmo Ramon e Wellington Paulista a frente. Roger e Farías não participaram e algumas mudanças podem acontecer no time e inclusive voltar ao 4-4-2 assim Fabrício entra no meio campo e Farias fazendo dupla com Wellington Paulista no ataque.


Sem os três defensores, o único zagueiro de origem no elenco principal é Cribari. Dessa forma, o técnico Vágner Mancini terá que improvisar um volante naquele setor. O mais cotado para exercer a função é Leandro Guerreiro. O jogador, inclusive, já se colocou à disposição do treinador para cumprir esse papel. “Não temos Victorino, Leo e Naldo. Portanto, se o professor Vágner optar por mim ali atrás, eu já fiz essa função algumas vezes, principalmente no Botafogo, então, se ele optar por mim, vou tentar ajudar da melhor maneira possível, estou aqui para o que der e vier. Temos que fazer uma grande partida, é um jogo de vida ou morte para as duas equipes”, disse Guerreiro. “Esperamos a volta do Montillo, que é o melhor jogador da nossa equipe, se ele voltar vai dar uma grande ajuda para a gente. Mas temos esse problema lá atrás, o Vágner vai pensar bastante e refletir para acertar lá atrás, pois temos pouco tempo para treinar”, completou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.