quinta-feira, 30 de Abril de 2015 10:49h

MP do futebol é discutida pela CBF

O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, se reuniu com o ministro do Esporte, George Hilton, nesta terça-feira, em Brasília, para pedir mudanças na Medida Provisória (MP) 671/15

A chamada MP do Futebol trata do refinanciamento das dívidas fiscais dos clubes e é contestada por times e pela própria CBF.
Del Nero apresentou propostas de alteração da MP ao ministro e a deputados presentes na audiência no gabinete de Hilton. "Minha pessoa e a CBF estão à disposição do ministério para que a gente possa em comum acordo buscar a melhor posição para o futebol brasileiro no cenário internacional", disse o novo presidente da CBF, empossado no dia 16.
O dirigente não entrou em detalhes sobre as sugestões de mudança que apresentou. "É um assunto que os parlamentares estão discutindo. A gente trouxe alguns elementos para que a MP fique boa tanto para o governo quanto para os clubes. Não são coisas muito grandes. São pequenos ajustes e os deputados vão trabalhar em cima disso", afirmou Del Nero.
CBF e clubes tentam amenizar algumas das contrapartidas exigidas pelo governo para refinanciar as dívidas dos clubes. A entidade considera a MP "intervencionista" por exigir mudanças na gestão dos times de futebol. O Governo Federal, no entanto, alega que as condições impostas são inegociáveis. "Os clubes precisam realizar algumas contrapartidas, como pagar os salários dos atletas e funcionários em dia, pagar os impostos em dia, manter todas as informações sobre gastos em balancetes na Internet, a responsabilização por eventuais desvios nos usos desses recursos, que é a chamada gestão temerária. Esses são pontos que o governo não negocia, foram amplamente discutidos", declarou o ministro do Esporte na audiência.
Sem sucesso no contato com o governo, CBF e clubes agora devem negociar com o Congresso Nacional. Del Nero já foi convidado para participar das discussões em uma audiência pública, no dia 7 de maio. O dirigente ainda não confirmou presença. No evento, ele deverá enfrentar a resistência de adversários políticos como o senador Romário (PSB-RJ) e o deputado Andrés Sanchez (PT-SP), vice-presidente da comissão mista instalada pelo Senado para discutir a MP do Futebol.

 

Copa América
Del Nero aproveitou a reunião para convidar o ministro para comparecer à abertura da competição, que será realizada entre os dias 11 de junho e 4 de julho, no Chile. "Ele trouxe um convite para a abertura da Copa América no Chile. Recebemos com muito entusiasmo porque todos nós queremos ver o Brasil ter bons desempenhos nesses eventos", afirmou George Hilton.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.