quinta-feira, 9 de Agosto de 2012 11:04h Gazeta do Oeste

Muricy dispara contra CBF e diretoria do Santos por amistoso da Seleção

 O Santos sofre com os desfalques de Neymar e Paulo Henrique Ganso, que defendem a Seleção nos Jogos de Londres. A badalada dupla deixou o Peixe em 9 de julho e já está há 31 dias longe da Vila Belmiro. Durante esse tempo, o técnico Muricy Ramalho tem tido dificuldades para montar a equipe, que chegou a figurar na zona de rebaixamento - com a vitória por 4 a 2 desta quarta-feira, sobre o Cruzeiro, já ocupa a 14ª posição, com 16 pontos.

 

O comandante do Alvinegro teria a volta dos dois após a final deste sábado das Olimpíadas, entre Brasil e México, se não houvesse um amistoso marcado para a próxima quarta-feira (15), contra a Suécia.


A partida da Seleção do técnico Mano Menezes deixará a dupla fora do confronto diante do Figueirense, que ocorre na próxima quinta-feira, pela 17ª rodada do Brasileirão. O fato de perder seus principais jogadores por mais tempo irritou muito Muricy, que disparou contra a CBF. Sobrou até para a própria diretoria do Santos que, na visão do comandante, falha ao ficar omissa diante do fato que prejudica o clube. 

 

 - Vou fazer um protesto: os caras (Neymar e Ganso) ficam um mês nas Olimpíadas e agora arrumam um amistoso. Eu reclamo aqui e fica (diretoria) brava lá, mas é um absurdo os clubes aceitarem. Não dá para engolir. Tem dinheiro, mas e o Santos? Eles não pagam salário, ficam um mês lá... É o fim do mundo. Ninguém no Santos fala, então eu abro a boca. Eles ficam quietos aqui, mas ficam bravos quando falo deles - disparou o treinador.

 

 

- Depois do amistoso, ainda tem joguinho contra Argentina e a gente tem de aceitar isso? É um absurdo. Não me conformo e tenho que falar mesmo, não devo nada a ninguém - emendou.

 

Após os Jogos de Londres e o amistoso da Seleção, Neymar e Ganso devem retornar ao Peixe justamente para o clássico contra o Corinthians, às 16h, no dia 19 de agosto, na Vila Belmiro, pela 18ª rodada do Brasileirão. 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.