segunda-feira, 11 de Junho de 2012 09:44h Atualizado em 11 de Junho de 2012 às 09:52h. Daniel Michelini

Na estreia de Ronaldinho, Jô garante a vitória do Galo

Atacante anota seu segundo gol em duas partidas disputadas pelo Atlético e garante a vice-liderança à equipe alvinegra

No jogo em que marcou a estréia do badalado meia Ronaldinho Gaucho, o Atlético se impôs diante do Palmeiras, sábado, no Estádio do Pacaembú, em São Paulo, e venceu por 1 x 0. O gol foi marcado logo no início do segundo tempo pelo atacante Jô que, em sua segunda partida pela equipe alvinegra, marcou seu segundo gol. A torcida atleticana marcou presença. Todos os 2.000 ingressos destinados à torcida visitante foram vendidos antecipadamente.

 

Com o resultado, o Galo dormiu na liderança do Campeonato Brasileiro. Entretando, devido à vitória do Vasco por 2 x 1 sobre o Bahia, ontem, a equipe atleticana terminou a rodada no segundo lugar, com 10 pontos.

 


Ronaldinho teve boa participação no jogo, com passes precisos, cobranças em lances de bola parada e boa movimentação. Com consistência no meio campo, o Galo teve maior volume do que a equipe da casa. No primeiro tempo, o Atlético teve chances claras de gol. Em lançamento primoroso de Danilinho, o zagueiro Thiago Heleno escorregou e a bola ficou com Bernard que, cara a cara com o goleiro Bruno, desperdiçou a chance, finalizando para fora.

 

Os únicos lances criados pela equipe do Palmeiras foram alguns chutes de fora da área, sem levar algum perigo ao gol defendido por Giovanni.

 

Vitória e efetividade de Ronaldinho

 

O segundo tempo começou a todo vapor. Cuca decidiu não mudar a equipe, já que a atuação no primeiro tempo foi relativamente boa. Logo aos 3 minutos, Bernard encontrou espaço pelo lado esquerdo, driblou o lateral Cicinho e cruzou na medida para o atacante Jô marcar o gol da vitória alvinegra.

 

Já Ronaldinho Gaúcho passou a ser mais efetivo. Os passes mais objetivos e em direção ao gol. Por duas vezes, ele deixou companheiros na cara do gol. Aos 14 minutos, o árbitro apontou falta de Jô no zagueiro. Os atleticanos reclamaram muito. Aos 23, cruzou para o atacante cabecear e o goleiro Bruno salvar o Palmeiras. Cinco minutos depois, o camisa 49 do Galo cobrou falta, Bruno não segurou e Rafael Marques marcou. Porém, o auxiliar viu impedimento no lance, para mais questionamentos do Galo, prejudicado em dois lances pelo trio de arbitragem.

 


Nos minutos finais, o Palmeiras pressionou usando a sua principal arma: cobranças de falta do volante Marcos Assunção. Por duas vezes, o jogador acertou a trave atleticana, fazendo com que a torcida e os jogadores ficassem ansiosos para o término da partida.

 

O técnico Cuca elogiou a estréia de Ronaldinho: “O Ronaldo ajudou, prende a bola, é inteligente, deixou o Jô, uma no primeiro tempo outra no segundo, em condição de fazer o gol. É um jogador diferenciado, que vai ter um tempo maior para se adaptar. Vai jogar ainda mais do que jogou hoje”.

 


Na próxima rodada, o Atlético visita o São Paulo, domingo. O atacante André estará a disposição do técnico Cuca. Em contrapartida, o lateral Marcos Rocha levou o terceiro cartão amarelo e irá desfalcar o Galo. Além disso, Guilherme ainda deverá ficar de fora.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.