segunda-feira, 9 de Julho de 2012 08:43h Gazeta do Oeste

Na estreia de Victor, Atlético derrota a Lusa e segue na liderança

O resultado desta miscelânea é a sexta vitória do Atlético no Campeonato Brasileiro e a consolidação da liderança. Marcos Rocha e Leonardo Silva fizeram os gols do triunfo por 2 a 0

Misture o talento de Ronaldinho Gaúcho com a segurança do estreante goleiro Victor. Acrescente a participação calorosa da torcida atleticana. O resultado desta miscelânea é a sexta vitória do Atlético no Campeonato Brasileiro e a consolidação da liderança. Marcos Rocha e Leonardo Silva fizeram os gols do triunfo, por 2 a 0, sobre a Portuguesa, no Estádio Independência.

 

Com o resultado, o Atlético chegou aos 19 pontos e assegurou a ponta do Campeonato Brasileiro por mais uma rodada. Com 11 pontos a menos, a Portuguesa perdeu uma posição, ocupando, agora, o 13º posto.

 

Para seguir na ponta, o clube alvinegro vai a Florianópolis, no próximo sábado, enfrentar o Figueirense, às 18h30. Loco Abreu estreará pelo clube catarinense. Já a Portuguesa, por sua vez, pegará o Sport, na Ilha do Retiro, em Recife, no domingo, às 18h30.

 

 

Em tempo equilibrado, Atlético arranca na frente

 

Logo aos dos dois minutos, Ronaldinho fez um belo giro no meio-campo, lançou Jô na ponta direita, que cruzou na área para Danilinho. Antes do camisa 7 bater a gol, a defesa afastou o perigo.

 

Em resposta, o time paulista apostava nos chutes de fora da área. Aos três minutos, Lima, ex-zagueiro do Galo, tentou, assim como Moisés, aos 11. Em ambas, Victor fez defesas seguras.

 

Pela passagem vitoriosa pelo Cruzeiro na década de 1990, Dida era vaiado a cada vez que efetuava alguma defesa.

 

Ironicamente, quando a Portuguesa equilibrou o jogo, o Atlético abriu o placar. Aos 24 minutos, Junior César cobrou lateral na área, a bola sobrou para Marcos Rocha, que emendou belo chute, no ângulo de Dida. O goleiro sustentava invencibilidade desde que regressou ao futebol nacional.

 

Com a inferioridade no placar, o time do técnico Geninho sufocou a defesa alvinegra. Nos 20 minutos finais do primeiro tempo, a Lusa chegou incisivamente em seis oportunidades. Na última, aos 45 minutos, André Luiz cabeceou. Victor, no reflexo, fez bela defesa.

 

 

Consolidação da vitória e da liderança

 

 

Para o início do segundo tempo, tanto Cuca como Geninho optaram por permanecer com a mesma equipe. Taticamente, o técnico alvinegro orientou Danilinho e Bernard a reforçar a marcação pelos lados do campo. Jô e Ronaldinho marcavam a saída de bola.

 

Assim como na etapa inicial, o Atlético surpreendeu nos minutos iniciais. Aos três, Ronaldinho lançou Jô no costado da defesa. O atacante, porém, desperdiçou o lance finalizando sobre o goleiro Dida.

 


Aos sete, Ronaldinho cobrou falta fraca. Dida tentou encaixar, mas deixou a bola escapar nos pés de Leonardo Silva. O zagueiro, em posição irregular, só empurrou para o fundo das redes. Ironicamente, a torcida alvinegra gritou o nome do goleiro.

 

O segundo gol freou uma possível reação da Portugusa, que pouco perigo criou para o goleiro Victor. Marcelo Cordeiro, ex-Botafogo, entrou para explorar o lado direito, mas pouco produziu.

 

Quem chegou com perigo ao ataque foi o Atlético. Aos 26, Bernard recebeu lançamento de Ronaldinho, driblou o zagueiro, mas chutou para fora.

 

Com categoria, Ronaldinho comandou as ações ofensivas e fez uma das melhores partidas no Atlético. O camisa 49 distribuiu o jogo com qualidade e ainda arrancou elogios dos atleticanos com belos dribles.

 

 

 

 

SUPERESPORTES

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.