sexta-feira, 19 de Outubro de 2012 16:04h Gazeta do Oeste

Na lanterna, Ipatinga recebe América-RN para emplacar sequência de vitórias

Motivado pela vitória contra o Joinville, o Ipatinga volta a campo nesta sexta-feira, às 19h30, para encarar o América-RN, no Ipatingão. O Tigre ocupa a lanterna do Brasileiro da Série B com apenas 21 pontos, mas ainda mantém chances matemáticas de escapar do rebaixamento, o que tem motivado os jogadores quadricolores, mesmo com o clube passando por várias dificuldades extra-campo.

Para fugir da degola, o Tigre precisa ultrapassar o CRB, que possui 30 pontos, nove a mais que o Ipatinga, faltando oito rodadas para o fim da competição. Mesmo admitindo que a situação é delicada, os atletas seguem acreditando em salvação. Este é o caso do goleiro Helton Leite, que tem contribuindo com boas defesas na meta ipatinguense.

“Não podemos ser hipócritas de dizer que é fácil e que vamos sair do rebaixamento, mas vontade posso garantir para o torcedor que não vai faltar. Enquanto tivermos chances, vamos seguir lutando. Contra o Joinville fizemos um bom jogo contra um time que briga para chegar a G4 e contra o América-RN, a postura tem que ser a mesma, para que essa sequência de vitórias possa começar”, declarou.

O técnico Eugênio Souza tem problemas para escalar o quadricolor, já que o lateral-esquerdo João Victor e o atacante Márcio Diogo ainda apresentam problemas de ordem médica. Em compensação, o treinador do time mineiro poderá contar com o retorno do zagueiro Eron, que cumpriu suspensão contra o Joinville e volta ao time na vaga de Tiago Alencar, que deixou o campo lesionado ante os catarinenses.

Assim como o Ipatinga, o América-RN vem de vitória contra o Paraná, e ainda sonha com vaga no G4, mesmo com as chances sendo pequenas. O Dragão potiguar ocupa a nona colocação na Série B com 44 pontos, 12 a menos que o São Caetano, time que fecha o grupo dos quatro primeiros colocados e que garantem acesso para elite do futebol brasileiro.

O técnico Roberto Fernandes afirma que o objetivo da equipe é buscar a vitórias nos jogos restantes e só vai pensar em G4 se as equipes da parte de cima começarem a tropeçar. “Daqui para frente, vamos buscar esses pontos que restam. Tropeços acontecem. Quem sabe alguém lá na frente tropeça. A gente vai estar pronto para assumir a posição”, disse.

Questionado sobre a formação da equipe potiguar, Roberto Fernandes afirmou que não vai divulgar a formação, ele lembrou que tem atletas retornando ao time e que ainda não possuem 100% das condições físicas. “A última vez que Wanderson e Norberto jogaram juntos foi contra o Vitória, há quase 10 jogos. Tive que buscar alternativas para suprir as ausências e a velocidade na saída de bola. Vão recuperar o condicionamento com o tempo. O que importa agora é buscar vencer jogos dentro e fora”, afirmou. 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.