sexta-feira, 19 de Junho de 2020 07:59h Atualizado em 19 de Junho de 2020 às 07:59h. Ilidio Luciano

Na volta do futebol no Brasil, Flamengo vence Bangu por 3x0 pelo Campeonato Carioca.

Apesar das polêmicas envolvidas no retorno, futebol brasileiro inicia “novo-normal.

ILÍDIO LUCIANO

Na noite desta quinta-feira (18/06) o futebol brasileiro voltou a ser disputado, após a paralisação por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Bangu e Flamengo se enfrentaram em um Maracanã vazio, no retorno do Campeonato Carioca 2020.

No novo normal do futebol, ao menos a diferença de qualidade técnica do atual campeão carioca e brasileiro continua a mesma, o Flamengo venceu pelo placar de 3x0, sem encontrar dificuldades contra um frágil Bangu.

Aos 17 minutos do primeiro tempo, Arrascaeta aproveitou uma rebatida malsucedida da zaga do Bangu e estufou pela primeira vez as redes adversárias, no primeiro gol pós-paralização no país.

Com o jogo sob controle, o Rubro-negro continuou mandando no jogo e pressionando, mas a primeira etapa terminou em 1x0.

Na segunda etapa, o atual campeão ampliou a vantagem aos 20 minutos, quando Bruno Henrique, na pequena área recebeu cruzamento da direita, de Gabigol e cabeceou para o fundo do gol; Flamengo 2x0.

Já no fim da partida, o Rubro-negro ampliou e sacramentou a vitória, com gol do ex-cruzeirense Pedro Rocha; ele recebeu de Gabigol e chutou no canto do goleiro do Bangu. Placar final, Bangu 0x3 Flamengo.

Neste jogo foi implantado pela primeira vez no Brasil, em torneio oficial, a regra de cinco substituições. Fluminense e Botafogo tiveram negados os pedidos para não disputarem jogos pelo Campeonato Carioca em junho; ambos têm compromissos agendados para a próxima segunda-feira. O Botafogo recebe a Cabofriense à tarde enquanto os Tricolores tem jogo à noite contra o Volta Redonda. A dupla ameaça ir ao Superior Tribunal de justiça Desportiva, para fazer valer seus direitos de retornarem apenas no próximo mês.

© 2009-2020. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.