quarta-feira, 15 de Fevereiro de 2012 09:44h Atualizado em 15 de Fevereiro de 2012 às 10:34h.

Nacional e Cruzeiro jogam no Farião

O Cruzeiro tem pela frente o Nacional de Nova Serrana, eles se enfrentam nesta quinta-feira, às 19h30, no estádio Waldemar Teixeira de Faria, o Farião, em Divinópolis, em jogo adiado e válido pela 1ª rodada do Campeonato Mineiro. As duas equipes nunca se enfrentaram em toda a história.
O Nacional foi fundado em 2008, com o nome de Fabriciano Futebol Clube. No ano seguinte, o clube se transferiu para Nova Serra e passou a se chamar Nacional Esporte Clube. Em pouco tempo de existência, o Nacional já conquistou o Campeonato Mineiro da Segunda Divisão e o acesso ao Módulo I do Estadual, no qual faz a sua estreia nesta temporada.
A partida tem mando de campo do Nacional, e será disputada no Waldemar Teixeira de Faria, porque a Arena do Calçado não foi liberada para a partida. O Cruzeiro já disputou 34 partidas em Divinópolis, contra Guarani e Ferroviário, tanto no Farião quanto no Benjamim de Oliveira, o campo do Ferroviário.  Foram 29 contra o Guarani, duas contra o Ferroviário, uma contra o Juventus; além de um jogo contra o Araxá. Nesses confrontos, foram 25 vitórias da Raposa, sete empates e apenas duas derrotas. O Cruzeiro marcou 68 gols e sofreu 20.
O goleiro Fábio comentou sobre o fato de o Cruzeiro voltar a jogar em Divinópolis. O camisa 1 lembrou que já atuou no estádio Waldemar Teixeira de Faria, o Farião, local da partida desta quinta-feira, e falou da importância do apoio do torcedor cruzeirense, que sempre recebe bem o time na cidade. “O torcedor cruzeirense, quando tem a oportunidade de ver a equipe jogando em sua cidade, ele comparece. Já tivemos a oportunidade de jogar em Divinópolis, e a maioria da torcida foi do Cruzeiro. Então, vai ser importante ter o apoio do torcedor, mas também vai gerar aquela cobrança, para que o Cruzeiro jogue melhor do que jogou na última partida. Esperamos fazer um belo jogo, conquistar mais uma vitória, ter tranquilidade na folga do Carnaval e depois dar seqüência no campeonato”, disse o capitão.

KERLON
O jogador Kerlon surgiu como uma grande promessa do futebol brasileiro com a camisa do Cruzeiro. Ele, inclusive, chegou a defender as cores da Internazionale de Milão (ITA). No entanto, as lesões impediram que o meia-atacante fizesse mais sucesso no esporte. Nesta quinta-feira, pelo Nacional, de Nova Serrana, o Foquinha pode enfrentar o seu ex-clube no Campeonato Mineiro.
O goleiro Fábio, que acompanhou Kerlon desde o início de sua carreira, enalteceu o futebol do jogador, de apenas 23 anos. “Nós sempre estivemos juntos do Kerlon, desde o princípio de sua carreira no profissional. O Cruzeiro fez de tudo para que ele pudesse mostrar a mesma qualidade das categorias de base. Infelizmente, ele perdeu muito tempo com as lesões. Isso o prejudicou muito. Por isso, fico feliz de vê-lo jogar. Sabemos que ele vai fazer o melhor para si, como faremos o melhor para nós, porque queremos ajudar o Cruzeiro” comentou.
Apesar da expectativa do reencontro com o Foquinha, a probabilidade de ele enfrentar a Raposa é remota, já que o meia-atacante se recupera de lesão e treina separadamente na equipe de Nova Serrana.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.