sábado, 30 de Abril de 2011 11:41h Luciano Eurides

Nada de já ganhou na Cidade do Galo

Em clássico que decidirá uma vaga na final do Campeonato Mineiro, o Atlético enfrenta o América às 18h30 de hoje, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

Em clássico que decidirá uma vaga na final do Campeonato Mineiro, o Atlético enfrenta o América às 18h30 de hoje, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. No jogo de ida da semifinal, o Galo venceu por 3 a 1, resultado que lhe permite assegurar a classificação até com uma derrota por dois gols de diferença.
Essa vantagem, no entanto, não ilude os jogadores do Atlético, como afirma o atacante Magno Alves, artilheiro da equipe na temporada, com dez gols. “A gente não pode entrar achando que já está classificado. Não deixa de ser uma boa vantagem, mas são 90 minutos e temos que tomar muito cuidado e jogar com seriedade”, comenta Magno Alves.


O capitão Réver observa que a vantagem é importante, mas não garante a presença do Galo na decisão do Estadual. “Aumentamos a vantagem, mas isso não quer dizer nada. O América vai vir para cima e a gente tem que estar preparado. Construímos uma vantagem boa, mas temos mais 90 minutos pela frente e tudo pode acontecer”, ressalta Réver. “Futebol é imprevisível e, se não estivermos preparados, podemos ser surpreendidos, até porque o América é uma excelente equipe”, completa o zagueiro.


Mantendo a mesma linha dos companheiros, o lateral-direito Patric pondera que é preciso respeitar as etapas e focar somente o jogo. “É um jogo extremamente importante para nós e a gente sabe da responsabilidade que é chegar nessa final. Quero muito disputar o título, o que seria importante para mim e para o clube, mas primeiro, temos que pensar somente no jogo contra o América”, destaca o lateral.


Dorival observou que espera um jogo bastante difícil na Arena do Jacaré. “Tudo, até esse momento, foi alcançado com muito sacrifício e nossa confirmação para uma das vagas na final não será diferente. Só teremos a vaga a partir do momento que finalizarmos essa partida”, alertou.

“Conhecemos a equipe do América e não temos motivo para relaxar. Não existe essa palavra aqui dentro”, afirmou o técnico Dorival Júnior na entrevista coletiva, na Cidade do Galo. De acordo com ele, a vaga na final será confirmada somente se a equipe tiver muita atenção durante os 90 minutos do clássico deste sábado, em Sete Lagoas.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.