sexta-feira, 1 de Fevereiro de 2013 05:10h

Novela Tardelli está perto do fim

Nas últimas semanas, a cúpula alvinegra adotou a lei do silêncio quando o assunto é o retorno de Tardelli.

A novela envolvendo o retorno do atacante Diego Tardelli ao Atlético-MG está próxima de um fim. O Al Gharafa do Catar, clube do jogador, divulgou em seu site oficial nesta quinta-feira, que respeitou o desejo de Tardelli de retornar ao Brasil, e por isso, retomou as negociações com o Galo, que estão em estágio final. "Pelo carinho da diretoria do clube com ele, preferimos fazer sua vontade e deixá-lo voltar para o Brasil para que ele possa jogar com o Atlético-MG. A oferta do Atlético-MG vem em benefício do clube e, portanto, a transação está em fase final", diz comunicado no site do Al Gharafa.
Tardelli já havia, inclusive, se despedido dos companheiros de clube, mas como a situação ainda não estava 100% certa, o jogador seguiu atuando pelo Al Gharafa, a espera da contratação de um substituto para ele. No futebol do Catar os clubes só podem inscrever três atletas estrangeiros, com possibilidade de mais um jogador asiático, por isso, o Al Gharafa já tirou o nome de Tardelli e inclui o do também brasileiro Alex.
O Al Gharafa já contava com Nenê e Cissé na vaga de estrangeiros e Mark Bresciano, como atleta asiático. Procurada, a diretoria do Atlético-MG não quis comentar as publicações no site do Al Gharafa. Nas últimas semanas, a cúpula alvinegra adotou a lei do silêncio quando o assunto é o retorno de Tardelli.
Terá início hoje a venda de ingressos para os jogos do Atlético em casa na fase de grupos da Copa Libertadores da América. Os torcedores poderão comprar ingressos para os três jogos. Sócios Galo na Veia terão acesso garantido aos jogos, desde que estejam com a mensalidade em dia.
O técnico do Atlético-MG, Cuca, tem acenado com a possível titularidade de Araújo para o clássico do próximo domingo, o que agrada ao lateral Marcos Rocha, que aprova a entrada do companheiro pelo lado direito da marcação atleticana. Para o jogador, a conversa será o principal ingrediente para buscar o melhor entrosamento com Araújo. "Estamos tentando acertar o posicionamento na base conversa, mas sei que nossa equipe é versátil, sobretudo no meio campo, que se movimenta muito. Ao mesmo tempo que o Araújo está do meu lado, o Bernard inverte com ele. Mas eu que estou ali, pela direita, tenho que ter mais cautela com a marcação. Mesmo assim, nas oportunidades que eu tiver, vou aparecer na frente", disse.
Marcos Araújo afirma que, independente de quem for escalado para o clássico, que o importante será recompensar a torcida com uma vitória. O jogador lembra que a procura por ingressos para acompanhar o maior jogo de Minas Gerais é grande, e que nada melhor que presentear o torcedor alvinegro com um triunfo e uma bela exibição. "Já tive a oportunidade de jogar com as duas torcidas e sei como a do Atlético-MG pode fazer a diferença. Quando se tem a minoria não dá para ouvir o apoio, mas sei que, no domingo, a torcida do Atlético-MG vai lotar. Tem torcedor acampado para conseguir ingressos para o jogo, e o sacrifício que eles estão fazendo vai ser recompensando dentro de campo", encerrou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.