terça-feira, 8 de Dezembro de 2015 10:11h Atualizado em 8 de Dezembro de 2015 às 10:14h. Luciano Eurides

O Guarani é declarado campeão da Super Craque juvenil

O Guarani de Divinópolis foi declarado campeão da Copa Super Craque sub 17

O time do Nacional de Nova Serrana chegou atrasado para a partida final da competição e, assim, o Bugre ficou com o título, mesmo sem jogar. Segundo os dirigentes do Nacional, houve problemas com o ônibus.
A partida final da Copa Super Craque deveria ter sido realizada no estádio Batista Leite, em Carmo do Cajuru, na manhã do último domingo. O time de Divinópolis, arbitragem de Pará de Minas e torcida em campo aguardando o Nacional da cidade de Nova Serrana, a partida estava agendada às 9h, quando,às 10h30min, o árbitro deu por encerrada, pois o Nacional não havia comparecido para a disputa.
A direção da equipe de Nova Serrana fez um primeiro comunicado às 8h, avisando problemas com o ônibus, mas estavam a caminho. Por este motivo, o Guarani aceitou esperar um tempo além da tolerância, mas depois de uma hora e meia, o árbitro da partida tomou a decisão de encerrar a disputa. “Igual eu conversei com organizador do campeonato e o treinador do Guarani, esperava-se até às 10h30min, e mesmo assim, com um tempo reduzido em cada tempo de jogo. Não há condições, não culpo, mas também não podemos ser tão maleáveis, pois temos outras competições a fazer”, explicou Hamilton Cândido Soares.
Para o coordenador da competição, Célio Taylor de Freitas, é uma situação ruim, mas há a necessidade de cumprir com o regulamento. “Fico contrariado e a equipe do Nacional tem uma estrutura muito boa e para nossa surpresa não compareceu, vamos cumprir o regulamento, declaramos o Guarani campeão, vamos agendar com uma outra equipe e tentaremos o Bela Vista de Claudio, jogo para a entrega do troféu e as medalhas dos atletas”, falou.
O treinador do Guarani, Marco Túlio Cordeiro, planejava a realização da partida. “Seguramos muito, não importava o resultado, queríamos o jogo para mostrar a evolução que estes meninos tiveram com a gente nesse período de trabalho”, garantiu.
Não houve uma explicação detalhada do acontecido, se foram problemas mecânicos e onde exatamente isso aconteceu. Foram distribuídas pelo aplicativo WhatsApp fotos dos jogadores, ao lado de uma van, na portaria do estádio e afirmando que lá estiveram.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.