sexta-feira, 21 de Novembro de 2014 04:42h

Objetivo do Galo é a Libertadores 2015

Nove vitórias, quatro empates, três derrotas e 31 pontos conquistados

O excelente desempenho do Atlético no returno do Campeonato Brasileiro, aliado à decisão da Copa do Brasil, coloca o time alvinegro entre os principais clubes do país. Na noite dessa quarta-feira, a equipe goleou o Flamengo por 4 a 0, pelo Brasileirão e voltou ao G-4, com 61 pontos.
O técnico Levir Culpi aprovou a atuação da equipe, especialmente o toque de bola rápido, que envolveu o Flamengo. No entanto, o comandante não achou o jogo 'tranquilo'. “Foi intenso”, avaliou o treinador. “Nosso time foi muito rápido e não deu muitas chances para o Flamengo, que não veio para brincar, veio para vencer. Foi um jogo forte”, ressaltou.
Levir Culpi agora trabalha de olho na Copa do Brasil. Por isso, deve poupar jogadores na partida contra o Internacional, neste sábado, no Beira Rio. “A gente tem que pensar na parte física, porque nós estamos próximos da decisão da Copa do Brasil”, alertou sobre a decisão contra o Cruzeiro, no Mineirão, dia 26.  “Antes do Cruzeiro tem o Inter, em Porto Alegre. É um grau de dificuldade muito difícil. Quero ver os jogadores em melhores condições para ver a escalação. Muito provavelmente alguns jogadores serão poupados, porque temos a decisão da quarta-feira também”, reforçou.
Levir Culpi reconhece a ótima fase do Atlético, que venceu jogos épicos após a disputa da Copa do Mundo. “Eu posso dizer que é surpreendente! O porquê eu não sei explicar aquela decisão contra o Lanús, depois o jogo contra o Cruzeiro no Mineirão, contra o Corinthians e o Flamengo. Teve o jogo contra o Palmeiras. Hoje, quando eu vou treinar e eu vejo o grupo, os jogadores, a comissão técnica e a torcida, eu vejo a realidade de que estamos bem e perto de conquistar um título”, prevê.
O 'atropelamento' protagonizado pelo Atlético na goleada sobre o Flamengo, nesta quarta-feira, no Independência, mostrou uma postura séria e objetiva do time, que não deu chances para o rival. Na visão do atacante Diego Tardelli, que deixou sua marca em cobrança de pênalti e voltou a balançar as redes após oito partidas, o estilo de jogo agressivo já estava combinado pelo grupo. “Mesmo com o 2 a 0 no primeiro tempo, a gente conversou para não desacelerar, insistir, jogar sério, com objetivo, e foi o que aconteceu. Voltamos para o segundo tempo pressionando, não deixando o Flamengo jogar. Então, está todo mundo de parabéns”, elogiou.
A equipe alvinegra ainda teve um gol mal anulado no primeiro tempo, o que poderia deixar a goleada ainda maior. O resultado levou o Galo novamente para o G-4 do Campeonato Brasileiro e manteve a empolgação da torcida para o clássico contra o Cruzeiro, na próxima semana, no Mineirão, pela finalíssima da Copa do Brasil.
De acordo com Tardelli, a atuação de gala do Atlético nesta quarta-feira 'deixou uma boa impressão' para a decisão do título da Copa do Brasil, onde a equipe tem a vantagem de dois gols sobre o maior rival. “É isso que nos dá confiança, todos os jogadores atuaram bem. A gente sabe da importância que vai ser na quarta-feira que vem, por isso é importante deixar uma boa impressão para a torcida e para todos, porque o nosso time merece coisas boas nesta temporada ainda”, ressaltou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.