sexta-feira, 6 de Junho de 2014 08:45h Atualizado em 6 de Junho de 2014 às 08:48h.

Oscar deixa a Seleção para acompanhar nascimento da filha

Desde que assumiu a Seleção Brasileira, em 2013, o técnico, Felipão, procura sempre estar em contato com a torcida, seja tirando fotos, dando autógrafos ou até mesmo mandando recados pelo site da CBF ou pelos jornalistas.

Tudo com um objetivo só: conquistar cada vez mais o apoio de todos os brasileiros na disputa da Copa do Mundo. Na coletiva de imprensa desta quinta-feira, na Granja Comary, não foi diferente.
O amistoso desta sexta-feira contra a Sérvia, no Morumbi, às 16h, será a estreia de Felipão no comando da Seleção em São Paulo. Para começar com o pé direito, o técnico espera não só uma vitória, mas o apoio da torcida brasileira. “Teremos dois jogos consecutivos em São Paulo – 6 e 12 de junho – e será maravilhoso se a nossa torcida estiver lá, nos apoiando, principalmente quando não estivermos bem em campo. Quando eles sentirem que algum jogador precisa de um incentivo, que cantem cada vez mais alto para que ele melhore em campo.”
O torcedor, como Felipão explicou em sua entrevista, é passional. “Precisamos de toda essa paixão transformada positivamente. Se não formos um só Brasil, uma só torcida a favor, nossa missão será ainda mais difícil.”
Além do amistoso contra a Sérvia, a Seleção estreia na Copa do Mundo em São Paulo no próximo dia 12 de junho. A partida será contra a Croácia, na Arena Corinthians, às 17h.
Na tarde desta quarta-feira, um jogador tinha mais motivos para sorrir do que o restante do elenco. Pai de primeira viagem, o meia, Oscar, foi liberado para acompanhar o nascimento da filha Júlia na manhã de quinta-feira.
O jogador deixou a Granja Comary após o treinamento desta tarde com o aval do técnico, Luiz Felipe Scolari, e os cumprimentos dos companheiros, que o levantaram no colo como se fosse um bebê para homenagear o nascimento de Júlia.
Oscar se reapresenta à delegação da Seleção diretamente em São Paulo.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.