sexta-feira, 31 de Agosto de 2012 11:27h Gazeta do Oeste

Oswaldo de Oliveira diz que vai ficar no Botafogo após goleada

Há três rodadas sem vencer no Campeonato Brasileiro, o Botafogo sofreu uma dura derrota na noite de quinta-feira ao ser goleado pelo São Paulo por 4 a 0, no Estádio do Morumbi, pela 20ª rodada da competição. O resultado colocou em dúvida a sequência do trabalho de Oswaldo de Oliveira no clube. Abatido, o treinador garantiu que vai permanecer no clube.

 

 

"Acho que vou continuar sendo o treinador do clube porque o meu trabalho não pode ser medido pelo que aconteceu aqui hoje. Muito pelo contrário. Estávamos com muitas dificuldades para esse jogo que são palpáveis", disse Oswaldo, culpando os oito desfalques pela derrota para o São Paulo.

 

O técnico também reclamou da falta de tempo para treinar a equipe, que também estava envolvida na disputa da Copa Sul-Americana. "É muito difícil quando se tem nove jogadores no departamento médico, tem três jogadores de meio-campo que não conseguiram nem treinar antes de jogar, que é o caso do Seedorf, do Amaral e do Lodeiro, que já chegaram jogando", disse.

 

 

Andrezinho, Antônio Carlos, Fellype Gabriel, Lucas Zen, Marcelo Mattos, Rafael Marques e Vítor Júnior não enfrentaram o São Paulo em razão de lesões, enquanto Lucas cumpriu suspensão automática. Oswaldo prometeu que o time vai se recuperar quando esses jogadores retornarem ao time. "Temos 18 jogos para jogar e paulatinamente, quando nós tivermos a volta desses jogadores, nós vamos conseguir jogar da forma como vínhamos jogando", disse.

 

Derrotado pelo São Paulo, o Botafogo está em oitavo lugar no Campeonato Brasileiro com 28 pontos. A equipe volta a entrar em campo no domingo, às 18h30, no Engenhão, quando receberá o Coritiba pela 21ª rodada do torneio nacional.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SUPERESPORTES

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.