sexta-feira, 18 de Novembro de 2011 14:55h Luciano Eurides

Padre Eustáquio complica a vida do Jusa Fonseca

O Padre Eustáquio, no último sábado, venceu o Jusa Fonseca, por 1x0, no campo do bairro Planalto, em partida válida como jogo de ida das semifinais do Campeonato Amador, promovido pela Liga Municipal de Desportos de Divinópolis (LMDD). O gol foi de Linho, o goleiro virou centroavante no novo plano de jogo.


O jogo no Campo do Planalto foi movimentado mesmo porque o Jusa Fonseca se classificou com uma boa campanha, perdeu para o próprio Padre Eustáquio em uma partida realizada no estádio João Belarmino Gomes (campo do Campista). O time entrou em campo para jogar, vencer e ter mais tranquilidade na partida de volta. O Padre Eustáquio mudou o plano de jogo e surpreendeu. Primeiro na escalação de Zé Carlos no gol, ele mais tranquilo e orienta mais a defesa da equipe. Linho, até então titular, foi de centroavante e funcionou, aos 23 minutos do primeiro tempo, cruzamento na área e ele de cabeça abriu o placar.


O time do Jusa tentava de todas as formas chegar ao gol de Zé Carlos e até conseguiu, o goleiro fez boa defesa na cabeça de Helder. O time do Padre Eustáquio teve boas oportunidades com Betinho e Caldense, mas a segurança esteve em Figueroa, o jogador de 24 anos foi considerado o melhor em campo.


O resultado obriga o Jusa Fonseca a vencer o próximo jogo para levar a decisão nos pênaltis, Fernandão, zagueiro do Padre Eustáquio observa que o placar foi muito bom. “Agora é saber que o empate é nosso, trabalhar tranquilo e ganhar essa vaga na final”, falou e admitiu ser uma condição especial pela presença de Linho, goleiro considerado‘pegador de pênalti’. “Se por ventura acontecer, o Linho resolve”, falou com toda a tranquilidade do mundo.
O atleta Felipinho, do Jusa Fonseca falou dos desfalques, do campo e outros fatores que influenciaram no resultado e garante que jogando em casa é para vencer. “Não foi o resultado que queríamos, tivemos alguns desfalques e vamos reunir a turma durante a semana e conversar sobre os erros. O campo é pequeno e se fosse maior teríamos um futebol melhor, muito tiro de meta dos dois lados e eles tiveram a felicidade de marcar o gol. Vamos fazer tudo certinho e venceremos o próximo jogo e vamos para os pênaltis”, disse o atleta que mora no bairro Planalto.


Filipinho é apenas mais um dos grandes atletas que tiveram seus primeiros chutes no campo, torto e melhorado. As traves são novas e as redes também. Muito organizado, agora com bar e completamente limpo e bem marcado. Os vestiários em plena condição de uso.  A diretoria vem trabalhando muito para manter o Raspadão em condições de jogo e isso que esperamos. O presidente da Associação de Moradores do bairro enfim apareceu, segundo ele as traves foram uma doação dele e as redes do deputado Fabiano Tolentino. A LMDD deu um voto de confiança e a comunidade agradece.
O Tupy de Carmo do Cajuru venceu o Independente de São José dos Salgados por 2x0 e faz o jogo de volta com a vantagem do empate. Qualquer vitória do Independente a decisão vai para os pênaltis.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.