quinta-feira, 20 de Março de 2014 04:46h Atualizado em 20 de Março de 2014 às 04:55h. Luciano Eurides

Palmeiras bate o Democrata de Sete Lagoas

O Palmeiras de Divinópolis recebeu no domingo o Democrata de Sete Lagoas e um grande público para as três partidas válidas pelo Instituto Mineiro de Escolinhas de Futebol (Imef).

No infantil o Palmeiras venceu por 3x1. No pré-infantil venceu por 2x0 e no mirim goleou por 6x0. O próximo compromisso é contra o Ferroviário, dia 29 de março, em Belo Horizonte.
O Palmeiras na categoria pré-infantil atacava com explosão de Marcos Paulo, Marcelinho e Lelê, mas não acertava o gol. A falta de pontaria deixava a equipe do treinador Dinei ainda mais nervosa. Aos 16 minutos, Lelê cobrou o escanteio, o lateral tentou tirar a bola e enganou o goleiro, a bola entrou e o Palmeiras fez o gol. Aos 24, Marcos Paulo recebeu na frente e entre o zagueiro e o goleiro tocou para o fundo do gol, fazendo 2x0.
O jogador Marcelinho comentou a força da equipe do Palmeiras. “Ficamos um pouco ansiosos no início da partida saímos com a vitória, hoje não estávamos em um dia muito bom, somos três jogadores na frente, competitivos, com velocidade e habilidade. Podemos chegar à final se conseguirmos vencer todos os jogos e classificarmos em primeiro”, comentou.
O também atacante Lelê, com os pés no Cabofriense, contou sobre o gol dele e dessa força ofensiva do time. “Eu tentei fazer o gol olímpico mesmo, mas era para ser forte, foi fraco, bateu na mão do goleiro e entrou. Ainda precisamos melhorar muito e fazer aquilo que o treinador pediu, não há meia, são três atacantes voltando, trabalhando a bola e revezando. Se eu for é para o Rio de Janeiro no final do ano e também se minha mãe deixar”, afirmou.
Com os resultados da rodada o time de Divinópolis se encontra na liderança no pré-infantil e mirim. Já no infantil o Frigoarnaldo assume a ponta por melhor saldo de gols.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.