terça-feira, 16 de Agosto de 2011 09:35h Atualizado em 17 de Agosto de 2011 às 09:43h. Luciano Eurides

Palmeiras é o campeão pré-mirim e infantil

A hegemonia alviverde foi confirmada e o Palmeiras do Afonso Pena é o campeão das categorias pré-mirim e infantil da Liga Municipal de Desportos (LMDD).

O domingo foi de muita festa para o Palmeiras. O time do Afonso Pena é campeão das categorias pré-mirim e infantil da Liga Municipal de Desportos de Divinópolis (LMDD). As partidas foram emocionantes e coroam o semestre repleto de conquistas.


Logo no início da manhã o time do Palmeiras teve muito trabalho para ficar com o título de campeão pré-mirim. O time alviverde abriu dois gols de vantagem, o Flamengo buscou o empate e ficou cinco minutos na pressão.  A luta e a determinação do time do Afonso Pena valeram o título.


O Rubro Negro foi ao Pelezinho precisando da vitória para levar a decisão para os pênaltis. O time da casa não ficou esperando e saiu logo parta o ataque e Caio marcou o gol palmeirense logo aos cinco minutos de jogo. O placar interessava apenas o Palmeiras e o time continuou no ataque e o endiabrado Lucas continuava enlouquecendo a defesa do elenco da Estação Velha. Lucas, o foguetinho verde e branco, corou a boa atuação dele com um golaço. Ele ganhou a bola na intermediaria viu a saída do goleiro e por cobertura marcou o segundo gol do Palmeiras.


Quando tudo parecia definido eis que a esperança ressurge para o Flamengo. Igor marcou o gol da expectativa. Depois do cruzamento na área, o goleiro Gustavo tentou cortar e jogou a bola no pé do atleta do Flamengo que diminuiu o marcador. Logo depois Igor recebeu o lançamento, entrou entre o zagueiro e o goleiro e empatou o jogo. A cinco minutos do final a partida ficou emocionante. O Palmeiras se defendia e protegia o placar que ainda lhe era favorável. No minuto final uma falta para o Flamengo, cobrada na área, Gustavo, segurou firme e caiu com a bola consagrando o título do Palmeiras.

 

TÍTULO FORA DE CASA

 

Na categoria infantil o Palmeiras foi ao Jusão enfrentar o Jusa Fonseca, invicto na competição, melhor equipe da fase de classificação e favorita ao título. A rivalidade ganhou status de novela durante a semana. A partida disputada firmemente lance a lance. As redes não balançaram e o título só veio na décima cobrança de pênalti.


O primeiro tempo foi muito igual, as duas equipes tentavam ganhar o meio de campo e as marcações implacáveis acabaram sobressaindo. No segundo tempo o Jusa voltou com mais vontade e somente depois de uma certa pressão por parte do Azulão que o Palmeiras conseguiu alguns bons ataques. China era quem levava mais perigo ao adversário e saiu para a entrada de Herbert. Como na primeira etapa havia uma preocupação especial com Hagi, e até então com China, a substituição deixou o time da casa a vontade para atacar. Nesse momento começou a destacar-se o goleiro Iguinho. O melhor do Jusa era Luís Fernando, ele fez tabela com o adversário e chutou para uma grande defesa do polêmico goleiro. O Jusa Fonseca foi melhor, mas não chegou ao gol.


A decisão foi para os pênaltis. Para o Palmeiras marcaram Mateus, Wellington, Fusca, Igor 97, Igão, Gabriel, Mateus II, Rafael e Hebert.  Ralder errou a sétima cobrança. Para o Jusa fizeram Luis Fernando, Léo Roque, João Mário, Guilherme, Danilo, Cairo, Vinícius e Leonardo. Franklin e Dirley erraram e o titulo ficou com o Palmeiras por 9x8.

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.