quinta-feira, 4 de Dezembro de 2014 07:08h Atualizado em 4 de Dezembro de 2014 às 07:19h. Luciano Eurides

Palmeiras e Vasco da Gama se enfrentam pela Copa Eletrodil

A Copa Eletrodil de futebol de base colocou em campo Palmeiras e Vasco. Foram três categorias em disputa no estádio Pelezinho, dois empates e uma vitória alviverde

Na categoria 2004, o Palmeiras abriu 2 a 0 no marcador, com dois gols de Pedro Lucas. No segundo tempo o Vasco da Gama entrou para tentar o gol e conseguiu com Luiz Felipe. O Palmeiras, em cobrança de escanteio, aproveitou a bola e fez 3 a 1, novamente com Pedro Lucas. O Vasco da Gama teve forças para diminuir com Nicolas. A equipe da casa, para não sofrer pressão, partiu para o ataque e Fabiano fez 4 a 2. Nos minutos finais o Vasco da Gama teve uma reação inesperada e marcou dois gols rápidos, com Pedro Militão e Luiz Felipe. Final 4 a 4.

Para o treinador vascaíno, uma partida de superação. “O time mostrou bastante garra e determinação no segundo tempo e é a cara do Vasco da Gama, sabíamos que era um jogo difícil e o empate do jeito que foi não deixa de ser uma vitória. Em casa mudamos a maneira de jogar e quem sabe buscarmos a classificação”, garantiu. O garoto Pedro Lucas marcou três gols, não suficientes para a vitória. “Tivemos muitas falhas e vamos corrigir os erros”, declarou o artilheiro.

Na categoria 2002, o Palmeiras saiu na frente. Em lançamento de Jean, a bola tocou no chão, ganhou velocidade e enganou o goleiro vascaíno. Ele ainda tocou na bola, mas ela sobrou para Lucas fazer 1 a 0. No lance seguinte o goleiro mostrou toda a qualidade ao defender um chute de Lucas. O goleiro teve um tempo de reação espetacular. O Vasco cresceu e empatou a partida.

Quando em um possível impedimento o time cruzmaltino parou para reclamar, Jean cobrou rápido e longo, Lucas ganhou na velocidade e recolocou o time na frente. No final da partida, Tiago empatou para o Vasco. Um gol onde a reclamação seria que foi feito de mão, mas o atleta garante que não houve irregularidade. “Foi um jogo muito difícil, o juiz muito ruim e conseguimos fazer um bom jogo. Não fiz o gol de mão, o Tales cruzou e chutei para o gol, poderíamos sair com a vitória, mas a arbitragem muito ruim”, declarou.

O atleta Lucas, da equipe do Palmeiras, fez dois gols e considerou erros cometidos pelo time dele e também da arbitragem. “Jogar clássico é muito bom e consegui com dois passes do Jean fazer dois gols, mas no gol deles o jogador foi com a mão, se não fosse isso poderíamos ter saído com a vitória, eu não reclamo de nada, mas tentei falar. Eu espero a classificação e a primeira colocação no grupo”, destacou.

Na categoria 2000, duas grandes equipes da categoria, o Palmeiras abriu o marcador com Breno, ele aproveitou a bola que sobrou fora da área e emendou para o gol. O empate vascaíno foi um lindo gol de Lucas Leonardo. Ele recebeu na área e viu o goleiro Fernando saindo na bola, tocou por cima e empatou o jogo. Já no final da partida, depois de muitos lances de reclamação sobre a arbitragem, a mesma viu a bola tocar no braço do zagueiro vascaíno. Pênalti marcado e Leandro fez a cobrança, dando a vitória para o time alviverde.

O jogador Todinho, um gigante no meio campo palmeirense, falou da boa condição do time em conseguir as vitórias necessárias. “Importante, além da arbitragem, marcamos pressão em cima deles e conseguimos a vitória, temos mais clássicos para vencer, esse jogo é muito bom vencer. O Dinei pediu para fazer uma função de fechar o meio campo, ajudando na marcação, tenho uma estatura boa e consigo desempenhar esse papel”, declarou o jogador que vem se destacando no acirrado grupo alviverde.

A coordenação da 5ª Copa Eletrodil/MXT Futebol de Base marcou a segunda rodada do returno, nas categorias 2004, 2002 e 2000, entre Bela Vista e Vasco da Gama, para sábado, às 9h da manhã na cidade de Claudio. A categoria 2000 entre Flamengo e Palmeiras, para sábado, às 13h30 no estádio Mendes Mourão em Divinópolis. As categorias 2002 e 2004 jogarão no domingo, em horário a definir, mas a partida será no estádio Mendes Mourão.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.