quarta-feira, 17 de Abril de 2013 10:51h Luciano Eurides

Palmeiras insiste em não mostrar bom futebol na Imef

O Palmeiras de Divinópolis ainda não conseguiu emplacar uma partida definitivamente boa dentro do Campeonato do Instituto Mineiro de Escolinhas de Futebol (Imef).

O Palmeiras de Divinópolis ainda não conseguiu emplacar uma partida definitivamente boa dentro do Campeonato do Instituto Mineiro de Escolinhas de Futebol (Imef). O time faz bons treinos, bons jogos pelaTaça Pará de Minas e não repete o desempenho na competição estadual. Contra o Sesi Betim, foram duas derrotas e um empate, que até foi comemorado pelas circunstâncias do jogo.
Na categoria 2003 o Sesi Betim abriu o placar em uma cobrança de falta, Artur chutou a bola que tocou no chão irregular do estádio Pelezinho e enganou o goleiro divinopolitano. Ainda no primeiro tempo Antony pegou a bola na direita, driblou dois marcadores e chutou na saída do goleiro. No segundo tempo com apenas um minuto de jogo Artur foi na linha de fundo e mesmo sem ângulo chutou e fez 3x0.
O treinador Wilson falou da apresentação da equipe. “Estou retornando, fiquei afastado um mês e voltamos a treinar a equipe e ainda houve um desfalque muito importante, meu volante está viajando , porém o time está trabalhando direitinho tenho certeza que o mesmo vai estar  entre os primeiros no Campeonato Mineiro”, disse.
O jogador Gabriel também comentou o jogo e ainda prevê uma grande recuperação do time. “Erramos muito, o time estava desfalcado, chutamos muito no gol e precisamos melhorar e ainda pegar mais preparo físico”, garantiu.
Na categoria 2002 o empate em 1x1 não foi ruim, mesmo porque o adversário é um time bem qualificado. A defesa do Palmeiras cedia espaço para o time de Betim, e até teve uma ótima oportunidade, e as chances apareciam e a melhor delas foi no final do primeiro tempo com um pênalti onde este fez 1x0 e levou a vantagem para o intervalo. Na segunda etapa o time do Palmeiras voltou melhor e na falha da defesa do Sesi, o zagueiro furou, Guilherme aproveitou e empatou o jogo.
O atleta Guilherme falou da importância do jogo. “O jogo foi muito importante e gostei do jeito do time jogar, ele pediu para atacarmos”, contou. O treinador Alberto também comentou o jogo. “É difícil jogar na Imef, a arbitragem não se flexiona a comentários, os meninos foram aplicados, o time do Sesi-Betim é uma grande equipe, empatamos depois de um grande jogo e os times estão de parabéns”, considerou.
Já pela categoria 2001, o Palmeiras estava bem no jogo, tocando a bola e oferecendo perigo ao adversário. Na primeira boa chance do Sesi eles abriram o placar depois de uma falha coletiva do sistema defensivo do time divinopolitano. A melhor chance do Palmeiras foi aos 23, quando Vitinho sofreu pênalti e Caio cobrou, o goleiro defendeu. Na segunda etapa os planos do time foram atrapalhados por uma nova desatenção na marcação. O time da casa até chegou a pressionar no final da partida, mas o goleiro excepcionalmente grande defendeu e ficou nisso, 2x0.
Balaio, treinador da categoria, esclareceu que a derrota faz parte do aprendizado. “Jogo é isso, nem sempre há vitórias, na verdade o time entrou desligado e no próximo jogo vamos em busca da vitória”, disse o treinador.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.