quinta-feira, 7 de Fevereiro de 2013 05:52h Luciano Eurides

Palmeiras poderá abrigar 250 atletas na temporada 2013

Criançada já treina no Pelezinho visando competições de 2013

Com um trabalho em categorias de base tradicional e de uma inclusão social forte, o Palmeiras do Afonso Pena deverá abrir as portas para cerca de 250 jovens atletas da cidade. Um trabalho de quase 80 anos que vai além do futebol. Adaílton Batista, vice presidente do clube pretende disputar três grandes competições apenas no primeiro semestre.
Segundo o vice presidente do clube depois das férias o número de jogadores cresceu e acredita que com a passagem do feriado de carnaval e o inicio das competições do Instituto Mineiro de Escolinhas de Futebol (Imef) e da Taça Pará de Minas, o número de futuro jogadores será recorde. “Tivemos as férias escolares, a meninada viajando e a partir dessa semana voltam as aulas e as frequências nos treinos já é bem melhor”, admitiu.
O Palmeiras pretende abrir as portas do clube. “Trabalhamos com 200 atletas e devemos chegar a 250, as categorias menores começam a participar de campeonatos oficiais e assim a meninada anima mais e o número tende a aumentar”, avalia Adaílton Batista.
O time alviverde do Afonso Pena trabalha as categorias de escolinha a infantil.  São as categorias 98, 99, 2000, 2001 e 2002 para torneios oficiais e 2004, 2005 e 2006 para competições organizadas pelos próprios clubes da cidade e região.
A participação em competições regionais está garantida. “Temos o campeonato da Imef e o Pará de Minas, aguardamos a situação eleitoral da Liga Municipal de Desportos de Divinópolis (LMDD) e as pendencias judiciais porque o Palmeiras nos seus quase 80 anos sempre participou e espera que a Liga resolva rápido para que possamos participar dos campeonatos organizados por ela”, garantiu Adaílton e ainda contou que as tabelas com chaveamento e dias de jogos deverão ser divulgadas já no dia 18. “Acreditamos que no treino da segunda-feira, dia 18, eles já tenham elas em mãos”, alertou.
A entidade oferece  escolinhas de manhã e a tarde, os treinos a noite são para os meninos de competição e quem quiser participar pode procurar o clube a rua Paracatu, 237 bairro Afonso Pena. A diferença de horário se dá pelo fato de cada atleta treinar em horário inverso ao escolar.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.