quarta-feira, 5 de Junho de 2013 05:42h Luciano Eurides

Palmeiras vence a Liga Mineira e assume a liderança na Imef

A categoria infantil do Palmeiras mostrou mais uma vez ser cheia de surpresas. Desfalcado, o time alviverde venceu a Liga Mineira e se classifica em primeiro no Campeonato do Instituto Mineiro de Escolinha de Futebol (Imef).

A categoria infantil do Palmeiras mostrou mais uma vez ser cheia de surpresas. Desfalcado, o time alviverde venceu a Liga Mineira e se classifica em primeiro no Campeonato do Instituto Mineiro de Escolinha de Futebol (Imef).


Uma escalação nova e forçada pelos desfalques da equipe. O meia Diego e o atacante Pelé cumpriram suspensão automática já que foram expulsos frente o Vasco da Gama. Lucas com um pequeno processo inflamatório no olho não jogou. Assim Vinícius foi escalado na ala esquerda e Gustavo Da Pinta jogou de volante. O atacante André fez o meio campo e Sorim foi para o ataque. Assim o time escalado por Arthur Silva ficou com Vitinho, Talles, Felipe, Jhony, Vinícius, Da Pinta, João Vitor, Juninho, André, Sorim e Mateus.


Mesmo com desfalques e um adversário de excelente qualidade, o Palmeiras assumiu a condição de ser o mandante do jogo, logo aos dez minutos uma roubada de bola no ataque, e depois de certa confusão na área da Liga Mineira o volante Da Pinta empurrou a bola para o fundo das redes e fez o gol da vitória divinopolitana.


O jogo não foi fácil e de muita luta, alguns atletas tiveram uma superação muito grande para encarar o adversário que é bastante qualificado. Chamaram a atenção pela dedicação muito grande dentro do jogo. Da Pinta de volante fez uma excelente apresentação, André no meio campo deu um tom diferente na armação de jogadas e foi quem mais lutou pela bola. Os atacantes tiveram um papel fundamental na marcação. O time ganhou força com a adversidade, desfalques e o empate frente o Vasco acabou dando força extra, cada um redobrou a atenção e correu para o grupo.


André, um guerreiro em campo falou da nova função em campo e da luta de todos os jogadores. “Os desfalques não fizeram tanta diferença por conta da nossa motivação que estava muito grande já havia visto isso dentro do vestiário. Fiz a função de meia, foi um excelente jogo e mostramos que somos fortes”, falou.


O treinador Arthur Silva destacou a garra da equipe. “O time mostrou que tem camisa, que chega para brigar e ganhar independente de quem está do outro lado, conseguimos impor nosso jogo, sabíamos da qualidade do time deles e o time deles é rápido e conseguimos fazer a linha de marcação e sair no contra ataque. O time vinha somente de vitória e se acomodou, o empate no clássico mostrou que não é fácil e tem de haver muita luta. A suspensão dos atletas mostra que temos elenco, faz falta, mas quem entra honra a camisa”, garantiu.
A Imef ainda não confirmou o confronto da próxima fase, certo é que o Palmeiras fará o jogo dentro do estádio Pelezinho.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.