quarta-feira, 4 de Junho de 2014 08:03h Atualizado em 4 de Junho de 2014 às 08:10h.

Palmeiras vence o Itatiaia pela Copa Super Craque

O Palmeiras de Divinópolis recebeu na manhã deste sábado o Itatiaia, da cidade de Itatiauçu.

O jogo, válido pela Copa Super Craque na categoria 99-2000, foi bem disputado e o time divinopolitano saiu vencedor por 3 a 0. O jogo de volta, valendo uma vaga para a final deverá ser agendado para o dia 7 de junho, às 9h. Para o Itatiaia, somente a vitória, por qualquer placar, dá ao time a oportunidade da disputa nos pênaltis.
O Palmeiras começou bem o jogo, atacava com mais volume e tentava pressionar o adversário. Saiu na frente com um gol de Guilherme, aos 25 minutos de partida. O segundo tempo o Palmeiras teve um susto logo no início, Felipe teve de fazer excelente defesa. O lance deu incentivo ao time que logo marcou o segundo gol. André chutou a gol, mas no caminho a bola encontrou Vinícius e ele completou, 2 a 0. Aos 26, Vinícius recebeu na frente e com muita categoria fez 3 a 0.
O atacante Vinícius, do Palmeiras, acredita na classificação da equipe sem a necessidade de empate ou pênaltis. “Temos de jogar lá da mesma forma que jogamos hoje, bola no chão, pois o time deles é muito alto. Procurar sempre a vitória e corrigir algum vacilo”, disse na saída de campo.
Ainda pela mesma competição, mas na categoria 2003-2004, o Palmeiras recebeu o Vasco da Gama. O time alvirrubro venceu o clássico por 3 a 0 e tem a vantagem do empate no jogo de volta, a ser realizado dia 5 de junho, no estádio Dr. Sebastião Gomes Guimarães. Havendo vitória do Palmeiras, por qualquer placar, a decisão será nos pênaltis.
O Palmeiras começou melhor, com um ritmo forte e colocou pressão. O goleiro do Vasco da Gama foi obrigado a fazer duas importantes defesas. Depois da pressão inicial nos primeiros minutos, a equipe cruzmaltina equilibrou o jogo, teve um escanteio e, de cabeça, João fez 1 a 0. No segundo tempo o jogo continuou equilibrado e, aos 13 minutos, João recebeu o lançamento e na saída do goleiro fez 2 a 0. Aos 16 minutos, nova cobrança de escanteio e Carlos Eduardo completou para 3 a 0.
Na semifinal da categoria 2001-2002, o jogo entre Flamengo e Palmeiras, válido como partida de ida da Copa Super Craque de Futebol de Base, disputado na noite dessa segunda-feira no estádio Mendes Mourão, mostrou uma igualdade muito grande entre das duas principais equipes divinopolitanas na categoria mirim. Placar final de 0 a 0.
O primeiro tempo mostrou um Palmeiras melhor taticamente e um Flamengo nervoso na troca de passes. As dificuldades nos passes pelo time da casa e a crescente mobilidade do time visitante fez um jogo bom, mas concentrado no meio do campo.
No segundo tempo os times voltaram mais agressivos e com o ideal de fazer o gol. Nos primeiros minutos, o Palmeiras agredia o sistema defensivo do Flamengo. As jogadas interrompidas com faltas e nas cobranças a defesa sobressaiu. Logo o Flamengo conseguia encaixar os contra-ataques e, neste momento, a experiência do goleiro Rossini, em três importantes defesas, garantiu o placar inalterado.
O atleta Lucas, da equipe do Palmeiras, garantiu que o placar sem gols foi bom para a equipe dele, pois no jogo de volta será possível mostrar melhor o trabalho do time. “Foi bom, no próximo jogo poderemos mostrar o respeito dentro de casa e fazer um placar melhor e o jogo pode ser diferente e até mesmo a volta do nosso camisa 10, o Caio. Mas valeu, muito cansado, seguramos o empate e dentro de casa”, garantiu.
O jogador Thales da equipe do Flamengo disse que neste jogo faltou detalhes para o time ser melhor. “Faltou capricho dos atacantes e nosso time não jogou bem no contexto todo. O juiz estava perdido dentro de campo, e foi o conjunto da obra, ninguém jogou bem hoje não”, detalhou.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.