terça-feira, 11 de Outubro de 2011 10:15h Dácio Fernandes

Pan de Guadalajara 2011

CIDADE-SEDE


Após mudar duas vezes de local, a cidade de Guadalajara atual se estabeleceu em definitivo em 1542 e leva o nome da terra natal de seu fundador, o espanhol Nuño de Guzmán. Os cerca de 4,5 milhões de habitantes tornam a metrópole de Guadalajara a segunda maior do México, perdendo apenas para a região metropolitana da Cidade do México, capital do país.

Capital do estado de Jalisco, Guadalajara tem como ponto econômico forte a indústria e a prestação de serviços, setores que contam com grande investimento estrangeiro, principalmente dos Estados Unidos. Além de financeiramente estável, Guadalajara é um importante centro cultural que recebe eventos como o Festival Internacional de Filmes de Guadalajara e a Feira Internacional do Livro. Em 2005, foi eleita a Capital Americana da Cultura em 2005.|

Guadalajara ganhou, em maio de 2006, o direito de sediar os Jogos Pan-Americanos de 2011, após votação unânime da Organização Desportiva Pan-Americana (Odepa). Como curiosidade, a “pérola do oeste”, como é conhecida, foi a única candidata para a vaga de cidade-sede dos Jogos.

 

 

 

 

Estádio de atletismo finaliza últimos detalhes

 

 

O estádio Telmex de atletismo é a obra mais atrasada dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, mas não deve ser um problema no evento esportivo mais importante das Américas. Ao menos é o que garantem os organizadores da disputa, que prometem deixar tudo totalmente pronto para receber atletas, torcedores e jornalistas na próxima sexta-feira (14) ao meio-dia (14h em Brasília).

 

Porém, para que o prazo que acaba em apenas quatro dias seja cumprido, operários e engenheiros se apressam e trabalham intensamente, inclusive quando a maior parte da população da segunda maior cidade do México está de folga.

 

 

Responsável pelos projetos do Copag (Comitê Organizador dos Jogos de Guadalajara), Alan Angel explicou que os operários estão tomando todos os cuidados para que não haja falhas nesta sede durante o Pan:

 

- Agora estamos terminando os detalhes do estádio, fazendo a limpeza, colocando a contra-pista, jardinagem... são detalhes mínimos. Estamos também fazendo testes hidráulicos e de drenagem. Os banheiros e sistemas de irrigação estão funcionando corretamente e vamos fazer testes elétricos. Os vestiários, a enfermaria, a área de doping e os palcos dos atletas também estão prontos.

 

 

De acordo com Angel, atletas já estiveram na pista de competições e de aquecimento. A Iaaf (Federação Internacional de Atletismo) está de olho na obra e ainda não aprovou o estádio, mas o responsável do Copag garante que isto é apenas uma questão de tempo:

 

- Já enviamos todos os documentos de certificação e está tudo de acordo com as normas. Isso é feito somente com documentos, que são checados por eles. Se algo não os agradam, isto nos é falado. Mas já tivemos várias visitas da Federação aqui, para ver coisas como a qualidade do material usado e todos os processos das obras.

 

 

As provas de atletismo nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara começam no dia 23 de outubro. As principais esperanças de ouro para o Brasil são as mulheres, como Fabiana Murer, atual campeã indoor e outdoor do salto com vara, e Maurren Maggi, campeã olímpica do salto em distância.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.