segunda-feira, 3 de Junho de 2013 07:03h Luciano Eurides

Para Cruzeiro a vitória é obrigação

Como empatou com o Atlético-PR, por 2 x 2, na última quarta-feira, em Curitiba-PR, o Cruzeiro terá de vencer o Botafogo-RJ, neste sábado, às 16h20, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda-RJ, para atingir a meta estabelecida internamente pelo téc

Como empatou com o Atlético-PR, por 2 x 2, na última quarta-feira, em Curitiba-PR, o Cruzeiro terá de vencer o Botafogo-RJ, neste sábado, às 16h20, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda-RJ, para atingir a meta estabelecida internamente pelo técnico Marcelo Oliveira.


De acordo com o treinador cinco estrelas, o objetivo mínimo da Raposa é se manter entre as quatro primeiras colocações ao final da quinta rodada do Campeonato Brasileiro, quando haverá uma parada de 28 dias para a disputa da Copa das Confederações. “Nós fizemos um alerta para esses cinco primeiros jogos, temos internamente uma meta mínima e, para isso, a gente precisa ganhar fora. Trabalhamos diariamente com os jogadores para estarmos entre os quatro até essa parada da Copa das Confederações. Não é fácil, a concorrência é grande, mas vamos trabalhar forte para isso”, declarou o técnico cinco estrelas.


Oliveira elogiou o Botafogo-RJ, que segundo ele tem uma equipe altamente técnica e muito bem comandada por Oswaldo de Oliveira, mas disse que seu time está preparado para conquistar a primeira vitória fora de casa no Brasileirão deste ano. “O adversário é muito qualificado, vive um bom momento, tem velocidade, técnica, recompõe rapidamente e é muito bem treinado pelo Oswaldo (de Oliveira). Estamos alertas quanto a isso e empenhados em buscar a vitória fora para depois fazermos a nossa parte também em casa”, disse ele. “O sistema de jogo deles (Botafogo-RJ) é mais parecido com o nosso. Tem jogadores de alto nível, muito criativos e que precisam de uma marcação bem encaixada. Vai ser um jogo interessante”, finalizou.


O técnico do Cruzeiro, Marcelo Oliveira, definiu a equipe que irá enfrentar o Botafogo-RJ, a única alteração será no ataque, com a entrada de Anselmo Ramon no lugar de Borges, que sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda e desfalcará a Raposa. O restante do time será o mesmo das últimas três partidas, contra Resende-RJ (4 x 0), Goiás-GO (5 x 0) e Atlético-PR (2 x 2). “A gente se conhece muito bem, temos trabalhado muito juntos. O Anselmo (Ramon) é um grande jogador, com um potencial enorme também. Jogador jovem, que faz muito o pivô e nos ajuda bastante segurando a bola na frente, ainda mais em um jogo fora de casa”, comentou o meia Diego Souza.


Com a confirmação de Anselmo Ramon, a Raposa entrará em campo contra a equipe carioca com a seguinte formação: Fábio, Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo, Egídio, Leandro Guerreiro, Nilton, Everton Ribeiro, Diego Souza, Dagoberto e Anselmo Ramon.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.