quinta-feira, 15 de Setembro de 2016 15:04h Pedro Gianelli

Para Marcelo Oliveira, jogo contra o Sport ganhou caráter decisivo

Depois da derrota por 4 a 2 para o Fluminense, nesta segunda-feira, em Mesquita-RJ, o técnico Marcelo Oliveira destacou que a partida da próxima quinta-feira, contra o Sport, na Arena Independência, ganhou contornos de decisão para o Atlético. “Passa a ser uma grande decisão para nós, uma grande final. Tenho certeza que vai acontecer muita adversidade, muito tropeço nesse campeonato ainda. São 42 pontos a serem disputados e o Atlético tem que criar uma regularidade. Não foi aqui, mas temos a oportunidade agora nesses três jogos em casa para tentar fazer isso”, comentou.

Sobre o fato dos primeiros colocados se enfrentarem na próxima rodada, o treinador disse que não se deve preocupar com as outras equipes. “Temos que preocupar com nossa produção, que ela seja mais regular, e com a nossa vitória. Acho que é possível encostar novamente, desde que a gente faça uma sequência boa nesses três jogos. Certamente, podem acontecer tropeços do Palmeiras e do Flamengo, mas, nesses jogos, o empate é quase sempre o melhor resultado”, avaliou.

Sobre o revés para o Fluminense, Marcelo afirmou que foi um jogo difícil desde o início. “Na verdade, o Fluminense aproveitou bem os nossos erros, um gol em uma cobrança de lateral, que não é muito comum, um descuido, uma saída de bola equivocada e esse gol final que a gente já estava se lançando para tentar o empate no jogo e erramos o passe também. Então, foi mérito do Fluminense, mas muito erro para um jogo só e errar em um campeonato brasileiro como esse, tão difícil, às vezes custa caro mesmo”, analisou.

“O adversário foi bem organizado, impôs um jogo de muita velocidade, muita movimentação, e isso trouxe dificuldade. Tentamos corrigir no segundo tempo, colocando só um atacante de referência, com a saída do Fred, e tentando organizar mais o meio-campo, preencher mais porque eles estavam com mais jogadores no meio, mas não foi suficiente”, acrescentou Marcelo.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.