terça-feira, 7 de Junho de 2016 16:41h Luciano Eurides

Partida entre Choro e Quilombo termina em confusão

A penúltima rodada da Copa Rural foi realizada neste domingo (05). Dezoito gols foram marcados na competição, com destaque para duas goleadas pela Chave B da competição

POR LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

 

Já o clássico Choro e Quilombo, terminou antes do tempo, após um gol marcado pelo time da casa, o auxiliar, de forma equivocada, assinalou impedimento e formou-se a confusão.

As comunidades vizinhas, Choro e Quilombo, com atletas que já defenderam as duas comunidades, uma rivalidade que sempre existiu dentro da competição mais tradicional da cidade de Divinópolis. O trio de arbitragem teve dificuldades para se entender entre eles, desde o início do jogo. Os dois times procuraram jogar bola, evitaram faltas desleais e desnecessárias. Mesmo o Choro abrindo 2x0, com dois gols do garoto Leozinho, o Quilombo não desistiu e, com dois gols de Weberton Gambá e um de Kenedy, virou o marcador, fez 3x2 e a partida estava aberta, com chances para os dois lados.

 

 

 

O lance primordial para a confusão foi uma falta em dois lances, onde o árbitro teria assinalado jogo perigoso de Hebinho, favorecendo ao Choro e bastante contestado pelo time de Quilombo. Na cobrança, Henrique laçou rapidamente Jeferson Pelada, o goleiro Vinícius saiu muito bem, cresceu na frente do atacante, que tocou a bola para o lado, onde entrava Eduardo Pombo, com muita velocidade, e marcou o gol de empate.

No lançamento de Henrique, Jeferson Pelada foi acompanhado de Claudinei (Maninho) e por isso não havia impedimento. No toque de Pelada, Eduardo Pombo saiu atrás da linha da bola, por isso também não havia impedimento. O juiz assinalou o gol, o auxiliar acusou impedimento, assim, a confusão formada. Houve muita pressão sobre o auxiliar, o jogo não continuou e, segundo a Secretaria de Esportes, foi efetivada a vitória do Quilombo por 3x2.

 

 

 

 

O Inhame jogou em casa e venceu por um 1 a 0 a equipe do Campista. Já as equipes dos Costas e Cacoco, empataram sem gols. As três partidas foram disputadas pela Chave A.

Na Chave B, o Djalma Dutra aplicou uma sonora goleada de 6 a 0 em cima do Pedregal.  O Córrego Falso também venceu por goleada a equipe de Amadeu Lacerda, 4 a 0. Mata dos Coqueiros e Branquinhos empataram em 1 a 1.

A última rodada da competição está prevista para 12 de junho. Se enfrentam pela Chave A: Costas x Quilombo, Campista x Cacoco e  Choro x Inhame.

 

 

 

Já pela Chave B, jogam: Branquinhos X Amadeu Lacerda, Pedregal X Mata dos Coqueiros e Córrego Falso e Djalma Dutra.  

As quartas de final serão em jogo único, em 19 de junho. Já as semifinais, serão partidas de ida e volta, em 26 de junho e 3 de julho. As finais serão dois jogos em 10 e 17 de julho

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.