sexta-feira, 7 de Setembro de 2012 09:16h Gazeta do Oeste

Ponto fora de casa é exaltado pelo elenco atleticano

Desfalcado de cinco titulares, o Atlético se manteve na liderança do Campeonato Brasileiro ao empatar sem gols com o Bahia, na noite desta quarta-feira, no estádio de Pituaçu, em Salvador. O confronto foi válido pela 22ª rodada.

 


Com a igualdade, o Galo chegou a 45 pontos e segue no topo da tabela de classificação. Na sequência do Brasileirão, o Alvinegro fará dois jogos em casa, contra Palmeiras, domingo, às 18h30, e São Paulo, na próxima quarta-feira, às 22h.

 


Destacando o crescimento apresentado pela equipe no segundo tempo, o goleiro Victor valorizou o ponto conquistado pelo Atlético no empate sem gols com o Bahia. “Valeu pela evolução no segundo tempo. Criamos oportunidades e faltou fazer o gol, mas temos que enfatizar o ponto conquistado na casa do adversário e que vai nos ajudar lá na frente. Jogar aqui é sempre difícil e, fora de casa, é importante somar pontos. Agora, é fazer o nosso dever de casa nos dois próximos jogos”, comentou o arqueiro.

 


A suspensão por dois jogos, imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva, foi considerada exagerada pelo meia Bernard, do Atlético. Ele foi julgado pela expulsão no clássico com o Cruzeiro, depois de se desentender com Leandro Guerreiro. “Não acho que foi para tudo isso. Já aconteceram várias coisas e ninguém pegou suspensão. É por eu ser reincidente. A primeira vez acho que não foi tão grave, como a segunda vez não foi. Mas é trabalhar”, disse Bernard à rádio Globo. O jovem meia atleticano já havia sido julgado no STJD, em abril, pela expulsão contra o Goiás, na Copa do Brasil. Na ocasião, ele pegou uma partida de suspensão.

 


Agora, Bernard vai desfalcar o Atlético no jogo contra o Palmeiras, neste domingo, no Independência.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.