sexta-feira, 29 de Abril de 2016 09:53h Site oficial America-MG

Preparação para o primeiro clássico começa nesta sexta-feira à tarde

Givanildo Oliveira espera reverter a vantagem do adversário no primeiro clássico da final

Se antes o Campeonato Mineiro estava de lado, agora não está mais. Após avançar na Copa do Brasil, com vitória por 3 a 2 sobre o Red Bull, na Arena Independência, o América volta todas suas atenções para o primeiro jogo da decisão contra o Atlético, domingo (1/5), às 16h, na Arena Independência. O técnico Givanildo Oliveira ressalta que decisões são sempre jogos diferentes e garante que a equipe americana têm condições de conquistar o título.

“É sempre um jogo diferente, como vai ser contra o Atlético, uma decisão. Nós temos que inverter de novo. Temos que fazer o nosso jogo primeiro, ganhar e aí já inverte a situação, a vantagem passa a ser nossa. É o pensamento para domingo e aí, no outro domingo, vamos ver o que vai acontecer. Eu acho que nós temos condições”, garante

 

 

 

O treinador elogia o time adversário. Lembra que na fase de classificação do Estadual empatou com o Atlético, mesmo estando o adversário com uma equipe considerada mista. Porém, quando chega na final, as condições se igualam e, por isso, o treinador reafirma sua confiança.

“O Atlético tem um grande plantel. O primeiro jogo foi empate e eles usando um time misto, muito bom. Tivemos uma classificação difícil. Mas é como se diz no futebol: ‘deixaram a gente colocar a cabeça pra fora’. Respiramos e fizemos dois jogos como foi contra o Cruzeiro, principalmente o segundo tempo do primeiro jogo, que poderíamos ter feito três ou quatro. Agora é final, tudo muda. Temos condições e vamos confiante para fazermos dois bons jogos e conquistarmos o título”, enfatiza.

 

 

 

Givanildo explicou que a decisão de poupar alguns jogadores foi tomado juntamente com o grupo de atletas. Antes do jogo e no intervalo da partida todos os atletas foram avaliados e questionados em relação às condições de jogo.

“Perguntei quem estava mais cansado e acabamos poupando o Leandro Guerreiro e o Victor Rangel. Na preleção também disse para quem quisesse descansar dizer e, no intervalo do jogo, pedi para que eles me avisasse quando se sentissem cansados. Se estão no grupo (reservas) é para jogar, estão preparados. E agora também. Então, vamos ver quem está em condições de fazer o clássico e ajeitar o time amanhã e depois”, completa o treinador.

 

 

 

A preparação para a grande final começa nesta sexta-feira (29/4). Os jogadores americanos se reapresentam à tarde, no CT Lanna Drumond, para a rápida recuperação. O treino será parcialmente fechado. A imprensa poderá acompanhar a primeira parte, permanecendo no CT até as 16h30.

No sábado, o grupo fará uma última atividade com bola e depois seguirá para a concentração.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.