sexta-feira, 8 de Junho de 2012 09:08h Gazeta do Oeste

Primeiro Festival Internacional Capoeira Sião

A capoeira surgiu no século XVI quando os senhores de engenho proibiram os escravos de praticarem qualquer tipo de luta. Por isso, eles uniram o ritmo e os movimentos das danças africanas a um tipo de luta, disfarçando assim, a arte marcial. Esta iniciativa dos escravos contribuiu para dar continuidade a cultura e garantir a condição física deles. Os anos foram passando e a capoeira foi se espalhando por cada canto do mundo, hoje em várias cidades existem as academias de capoeira. Para realizar um encontro dos praticantes do esporte foi realizado neste fim de semana, em Divinópolis, o primeiro festival internacional de capoeira.

 


Atletas de várias cidades visitaram Divinópolis para mostrar um pouco da cultura do esporte, moradores de São Paulo, Belo Horizonte, Alemanha e Grécia vieram até a cidade para praticar a capoeira e incentivar outros moradores a aderirem o esporte a rotina. Durante quatro dias, praticantes se reuniram nas praças da cidade, Praça do Santuário e Praça da Catedral com aulas de capoeira para os interessados. No Domingo eles encerraram o encontro na quadra da Igreja Nossa Senhora da Guia e realizaram o batizado e a troca de faixa de alguns atletas.

 

A troca de faixas é essencial para a prática do esporte. Para participar de uma academia, primeiro o atleta é batizado pelos já integrantes do clube, logo em seguida o atleta recebe uma faixa e faz uma pequena apresentação junto com os demais. Ao passar do tempo, a faixa é trocado por outra cor, é como se o aluno tivesse passado de ano na escola, a faixa representa que o aluno progrediu na luta.

 

Em Divinópolis, uma criança foi batizada e seis alunos tiveram as faixas trocadas. Os atletas alegam que a troca da faixa não significa uma evolução nos movimentos, mas sim, uma evolução como pessoa.

 

Como surgiu o nome capoeira

 

Os escravos praticavam o esporte em terrenos próximos as senzalas, local onde eles dormiam durante o período de escravidão. A intenção era manter a cultura, aliviar o estresse do trabalho e manter a saúde física. Muitas vezes, o único local para praticarem a luta era em pequenos arbustos, chamados na época de capoeira ou capoeirão, por isso, surgiu o nome do esporte, capoeira.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.