sábado, 30 de Julho de 2011 10:04h Luciano Eurides

Protestos devem marcar sorteio das eliminatórias da Copa do Mundo

Hoje, no Rio de Janeiro será dado o pontapé inicial para a Copa do Mundo 2014, a ser disputada no Brasil. O sorteio das eliminatórias atrai a atenção mundial e o momento se torna propício as manifestações contrárias a realização do evento em terras brasileiras e as consequências do investimento financeiro.


Para criticar as remoções forçadas e a falta de transparência nas obras para a Copa do Mundo de 2014, movimentos sociais organizam um protesto que deve ocorrer paralelamente ao sorteio das eliminatórias do Mundial. A intenção é mobilizar duas mil pessoas para a manifestação. O grupo fará uma caminhada até a sede do evento promovido pela Federação Internacional de Futebol (Fifa), na Marina da Glória, no centro. A concentração está prevista para as 10h no Largo do Machado.


O protesto é organizado pelo Comitê Social da Copa 2014 e dos Jogos Olímpicos que aproveita o primeiro grande evento antes do Mundial para chamar a atenção da imprensa internacional. "A nossa questão não é o evento em si, mas os problemas que está trazendo para quem mora aqui, principalmente para quem é pobre e será removido", afirmou Marcelo Braga Edmundo, coordenador da Central de Movimentos Populares e um dos organizadores da manifestação.


O Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014,  prepara uma grande festa para o sorteio das eliminatórias, no sábado, com as 166 seleções participantes do Mundial e a presença de vários artistas.


A Copa do Mundo do Brasil será disputada de 12 de junho a 13 de julho de 2014, anunciou nesta quarta-feira no Rio de Janeiro o secretário-geral da Fifa, Jerome Valcke.


As datas atendem o interesse tanto da Fifa como do Comitê Organizador Local (COL) da Copa, que preferem que a final seja disputada em meados de julho, e vão contra a vontade dos clubes europeus, que preferiam antecipá-la para facilitar a organização das ligas locais, disse Valcke em entrevista coletiva.


Valcke também anunciou que a Copa das Confederações será disputada de 15 a 30 de junho de 2013. O número de sedes ainda não foi definido. "Ainda não decidimos se a Copa das confederações será disputada em quatro, cinco ou seis cidades, mas é uma boa notícia porque indica que até seis estádios poderão estar prontos um ano antes do Mundial", afirmou o secretário da Fifa.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.