sexta-feira, 12 de Setembro de 2014 06:22h

Rejeitados pelo Brasil

Três sul-americanos hoje na nata do futebol europeu por pouco, muito pouco mesmo, não fizeram escala no Brasil.

É o caso de Falcao Garcia, do Manchester United, James Rodríguez e Chicharito Hernández, ambos do Real Madrid. Em comum entre os três, a rejeição por parte de clubes brasileiros quando ainda desabrochavam como jogadores.
Em meados de 2008, Falcao Garcia, em exponencial evolução no River Plate, foi oferecido ao Santos, como reportou o site da ESPN Brasil. À época, o Peixe preferiu apostar 3 milhões de dólares em outros dois estrangeiros, o argentino Tripodi e o equatoriano Quiñones. Nenhum deles, no entanto, vingou na Vila Belmiro.
Um ano depois, Falcao se transferia para o Porto e iniciava sua trajetória de sucesso no continente europeu. Ainda em 2009, James Rodríguez, que fazia os seus golzinhos pelo Banfield, da Argentina, foi ofertado ao Palmeiras, que rechaçou qualquer negociação por considerar o colombiano acima do peso. Assim como seu conterrâneo Falcao, James foi para o Porto, de Portugal.
Quem também esteve perto de aterrissar no Brasil foi o mexicano Chicharito Hernández. Em 2005, então com apenas 16 anos, Chicharito veio ao Brasil com a delegação do Chivas Guadalajara para a disputa de um torneio de base.
Impressionado com as atuações do jovem atacante, o Inter acionou a diretoria do Chivas, que aceitou negociar o atacante por cerca de R$ 2 milhões. O valor, entretanto, não foi o principal empecilho para o negócio não avançar. Chicharito só poderia atuar no Colorado quando fosse maior de idade, ou seja, tivesse completado 18 anos.
'Rejeitados' no Brasil, Falcao, James e Chicharito foram três dos jogadores que movimentaram mais dinheiro na última janela de transferências europeia.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.