quinta-feira, 5 de Março de 2015 09:55h Atualizado em 5 de Março de 2015 às 10:29h.

Revelações de Cruzeiro e Atlético estarão em campo no clássico

As categorias de base de Atlético e Cruzeiro estarão bem representadas no clássico deste domingo, no Mineirão, válido pelo Campeonato Mineiro

Mesmo com elencos recheados de jogadores 'rodados', os técnicos Levir Culpi e Marcelo Oliveira não abrem mão dos atletas oriundos dos juniores.

Na vitória sobre o Guarani, por 2 a 0, no último domingo, o Atlético entrou em campo com quatro atletas da base na equipe titular: Jemerson, Lucas Cândido, Dodô e Carlos. O comportamento dos jovens foi elogiado pelo treinador atleticano. “São jogadores que em breve podem estar entre os melhores do país. Eles mostraram grande potencial e não tenho medo de colocá-los”, disse Levir, que viu Jermerson e Lucas Cândido marcarem os gols do triunfo atleticano.

Marcelo Oliveira também demonstra atenção especial quando o assunto é a prata da casa. O lateral-direito Mayke foi o representante na equipe titular do Cruzeiro no empate sem gols diante do Huracán, pela Copa Libertadores, na noite dessa terça-feira. No entanto, Alisson e Judivan foram acionados pelo treinador na etapa final e, por pouco, não deram a vitória à Raposa. Em jogada envolvendo a dupla, Alisson deixou Judivan na cara do gol. O atacante deu um toque na bola, que passou 'tirando tinta' da trave. “O Alisson voltou e poderia ter sido usado antes, no jogo do Tupi, mas preferimos prepará-lo melhor. Ele entrou porque fez coisas boas nos treinos e me deu convicção de que poderia fazer um bom jogo. E ele lançou o Judivan, tentou. O Alisson é brilhante e vai nos ajudar na sequência. Sobre se tornar titular, não preciso me precipitar, porque tenho tempo e vamos ver a reação e estudar o adversário para escalar”, disse Marcelo Oliveira, ao analisar a participação de Alisson diante do Huracán.


Jemerson e Mayke

O zagueiro Jemerson e o lateral-direito Mayke são os jogadores da base mais consolidados nos elencos de Atlético e Cruzeiro, respectivamente. Os dois jovens já conquistaram títulos que muitos veteranos ainda não têm.

O zagueiro atleticano participou do grupo campeão da Libertadores e do Mineiro de 2013, mas se firmou mesmo no ano passado, quando assumiu a titularidade e ajudou o Atlético a ganhar a Recopa Sul-Americana e a Copa do Brasil.

Já o cruzeirense Mayke, é destaque do Cruzeiro nas últimas temporadas e tem no currículo o bicampeonato brasileiro (2013/14) e o título mineiro de 2014.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.