quinta-feira, 2 de Agosto de 2012 11:10h Gazeta do Oeste

Rio não tem nenhum centro de treinamento para Copa de 2014

A cidade do Rio de Janeiro ficou fora da primeira versão do catálogo dos Centros de Treinamento de Seleções (CTS) para a Copa do Mundo de 2014, lançado nessa quarta-feira, no Museu do Futebol, em São Paulo. A capital corre o risco de não receber nenhuma seleção estrangeira para concentração porque ainda não teve aprovado nenhum binômio CT/hotel. Essa lista será usada como referência para as 32 seleções do próximo Mundial escolherem seus locais de treinos.

 

 

O Rio ainda terá duas possibilidades de entrar na lista, nas outras janelas de inclusão de cidades no catálogo, uma em setembro e outra no segundo semestre de 2013. O Estado do Rio está representado por apenas três município: Volta Redonda (Estádio Municipal General Sylvio Raulino de Oliveira), Pinheiral (CT Dr. João Havelange) e Mangaratiba (Portobello Resort & Safari) — todos eles com hotéis próximos aprovados.

 

São Paulo oferece a maior variedade de locais, 20 no total, mas na lista não estão os CTs do São Paulo, em Cotia (onde o Brasil vai se concentrar para os amistosos contra a África do Sul e China, em setembro), e do Corinthians, na capital.

 

 

Segundo Ricardo Trade, diretor executivo de Operações do Comitê Organizador da Copa do Mundo, a falta de uma alternativa na cidade do Rio também se deve ao fato de cada sede precisar oferecer três campos para treinos (que ficam fora das opções de CTS). São nesses locais que as seleções vão treinar às vésperas das partidas e por isso não podem ser exclusivos de nenhuma delegação.

 

No total, 54 pareamentos CT/hotel estão acreditados em 14 Estados. A região Sudeste oferece 30 opções e região Sul, 14. Tanto no Nordeste quanto no Centro-Oeste são 3 alternativas. A região Norte aparece com quatro locais aprovados. Na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, 64 cidades foram aprovadas como centros de treinamentos das seleções.

 

 

Para chegar a esse número, foram consumidos 23 meses de trabalho e mais de 150 mil quilômetros percorridos. Foram inspecionados 244 campos de futebol e 278 hotéis, em 181 municípios, por uma equipe multidisciplinar (incluindo agrônomos). Em relação aos hotéis, a aprovação é do Escritório de Acomodações da Fifa. E tanto para os hotéis como para os campos há vários quesitos básicos (no caso dos campos, cerca de 100).

 

Segundo o Comitê Organizador Local da Copa de 2014, a escolha dos centros de treinamento é feita pelas seleções, representantes da Noruega, Estados Unidos, Japão, Alemanha, Austrália, Bélgica, Holanda, entre outros, já vieram ao Brasil algumas vezes para visitas a possíveis locais de concentração.

 

 

 

 

 

 

 

O GLOBO

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.