quarta-feira, 19 de Setembro de 2012 08:59h Gazeta do Oeste

Roth reclama de qualidade, mas diz que Cruzeiro não fará loucura para contratar

O técnico Celso Roth já reclamou publicamente que tem sentido falta da resposta técnica de alguns jogadores do Cruzeiro. Como o prazo de inscrições do Campeonato Brasileiro se encerra nesta sexta-feira, dia 21 de setembro, era esperado que o time celeste apresentasse algum reforço para melhorar o nível da equipe. Só que de acordo com o comandante, se for para fazer contratações impulsivas, é melhor apostar nos pratas da casa.

“Nós estamos conversando sobre jogadores há muito tempo. Só que não iremos fazer nenhuma loucura para contratar. É melhor apostar no que nós temos. Se aparecer alguma coisa, dentro dos parâmetros, é óbvio que não deixaremos de fazer. Se é para apostar é melhor apostar no que é da gente. Por isso trouxemos o Mayke e o Vinícius para treinar com o profissional. No domingo, tirei o Mayke do banco, apesar de saber que o Ceará não poderia aguentar. Mas, felizmente, o Lucas foi para o setor e entrou bem. O que mostra a maturidade dele”, comentou o treinador.

Com alguns problemas de contusão e suspensão para armar a equipe que encara o São Paulo, no próximo domingo, no Morumbi, o técnico voltou a falar das carências técnicas no plantel celeste.

“O Cruzeiro está sempre assim. Eu gostaria de enfrentar o São Paulo com mais recursos técnicos. E infelizmente nós não temos. É a situação do Cruzeiro, o momento do Cruzeiro”, completou Roth.

O Cruzeiro não terá Leandro Guerreiro e Everton, suspensos, diante do Tricolor. O volante Tinga e o lateral Ceará são dúvidas. Em relação a chegada de jogadores, a única novidade na Toca pode ser o meia Martinuccio, que tem treinado com o grupo, mas ainda depende de liberação médica para assinar o contrato com o time celeste.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.