quarta-feira, 28 de Março de 2012 13:15h Luciano Eurides

Salários e contração se confundem na Cidade do Galo

O presidente do Atlético, Alexandre Kalil, confirmou que o clube teve dificuldades financeiras para pagar os salários de janeiro e fevereiro, e por isso, quitou apenas parte dos vencimentos.
O dirigente alvinegro, no entanto, garantiu que nesta terça-feira todos os jogadores do elenco estarão com os salários quitados. “Nós pagamos 95% da folha e saiu onda que o salário estava atrasado. Quero dizer que o Atlético há 60 dias chamou todo o elenco e disse que teríamos problemas no mês de janeiro e fevereiro e que por volta do dia 25 nós pagaríamos o que falta. Nesta terça-feira, se alguém perguntar, está em dia”, disse Kalil em entrevista à Rádio Itatiaia.
Kalil fez questão de deixar claro que os salários atrasados eram somente para os jogadores e que os funcionários foram pagos no primeiro dia do mês. “Isso vem acumulando, aí quando tínhamos operação montada há 60 dias surgiu um problema técnico na operação. Preferi esperar, chamei o elenco e disse que nesses dois meses teríamos um pequeno problema. Funcionários receberam no começo do mês”, declarou.
Para amenizar a situação financeira, Kalil aposta no programa sócio-torcedor, que entrará em vigor durante o Campeonato Brasileiro. “Está ficando muito bom. É para o Campeonato Brasileiro. Hoje, a agência apresentou o plano de mídia e será um negócio diferente”, garantiu.
A diretoria do Atlético ainda não desistiu de contratar um reforço de peso para a sequência da temporada, mas encontrar o atleta ideal não tem sido uma tarefa fácil. O nome pretendido pelo clube era o chileno Matías Fernandez, que defende o Sporting-POR, mas as boas atuações do armador e a classificação do time português para a próxima fase da Liga Europa inviabilizaram o negócio.
O presidente do Galo, Alexandre Kalil, garante que o Atlético tem cerca de R$ 12,2 milhões para investimento que devem ser usados até o dia 4 de abril, data que fecha a janela internacional de transferência. O dirigente alvinegro frisa que o dinheiro será gasto com um jogador diferenciado, e que o clube não pretende contratar qualquer atleta. “Temos 5 milhões de euros para investir em jogador, mas não vou colocar porcaria para dentro. Contudo, se aparecer jogador temos dinheiro para comprar. Não podemos é ir lá e trazer errado”, disse Kalil em entrevista à Rádio Itatiaia.
O mandatário alvinegro, no entanto, não quis adiantar nomes que interessam ao Galo. “Temos posições que queremos e não vou falar quais, porque não vou desrespeitar o elenco do Atlético. Vamos atrás de jogadores pontuais, não é isso que a torcida e a imprensa exigiram. Fomos lá, buscamos Danilinho, Pierre, Leandro Donizete e ajeitamos o time. Tem de ser pontual e o dinheiro bem gasto, até porque o investidor tem de gostar de investir”, argumentou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.