quinta-feira, 15 de Dezembro de 2011 13:12h Luciano Eurides

Santos bate Kashiwa e vai à final do Mundial

o Santos superou a ansiedade da estreia no Mundial de Clubes e confirmou o favoritismo na disputa com o Kashiwa Reysol. No estádio de Toyota, na manhã desta quarta-feira no Brasil, o Peixe bateu o time nipônico por 3 a 1 e avançou à final da competição.
O placar não foi alcançado com tanta facilidade, como alguns torcedores imaginavam. Apesar de ter ficado atrás no placar o tempo inteiro, o Kashiwa Reysol, do trio brasileiro Nelsinho Batista, Leandro Domingues e Jorge Wagner, levou alguns sustos ao sistema defensivo santista. O Peixe levou sufoco até o final. Mas a apreensão não apagou o brilho dos gols alvinegros.


Neymar, Borges e Danilo foram os autores dos gols santistas – Sakai descontou para os japoneses. Na individualidade ou na bola parada, o Santos mostrou os recursos que tem para se livrar das adversidades.


Apesar do placar elástico, o Alvinegro foi pressionado até os últimos minutos do jogo pelos japoneses. “ No Brasil é assim: se dá importância ao sistema defensivo, criticam o ataque. Se vai para o ataque, dizem que tem de defender. Então, temos de fazer o que achamos melhor “ afirmou o treinador Muricy Ramalho, incomodado com os repórteres.
O atacante Neymar, do Santos, espera enfrentar o Barcelona na final do Mundial de Clubes da Fifa, domingo, às 8h30m (horário de Brasília) em Yokohama, no Japão. Isso mesmo. O craque alvinegro sonha com o duelo com Messi e, por isso, torce para que o Barça despache o Al Sadd, do Qatar, nesta quinta, às 8h30m (Brasília), também em Yokohama.
“Estou muito feliz pelo Santos estar na final. Espero que seja contra o Barcelona, claro. Quem não quer jogar contra o melhor time do mundo? Será um prazer enorme” disse Neymar.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.