quarta-feira, 29 de Janeiro de 2014 03:48h

São Lázaro fica em terceiro lugar na Copa Sul Americana de Lavínia-SP

O Esporte Clube São Lázaro, da cidade de Carmo do Cajuru, participou entre os dias 16 e 22 de janeiro da Copa Sul Americana de Lavínia-SP. A competição contou com a presença de 65 equipes do Brasil e da América do Sul.

A equipe lazarina viajou para São Paulo com uma delegação de jogadores que formou a base da equipe vice-campeã do juvenil da LMDD e do Circuito Itaunense de Futebol.
A estreia na Copa foi contra a equipe do Goiânia Futebol e Regatas, os lazarinos venceram a partida por 1 a 0, gol do meia Jaílson Ribeiro. A segunda partida dos cajuruenses foi contra o Goinésia. A equipe saiu perdendo, mas conseguiu empatar o jogo com um belo gol do atacante Gustavo Fiori. O último jogo da fase de grupos foi contra a equipe de Itapura. Um time que é a base do Juvenil do Rio Preto de São Paulo. A equipe lazarina até tentou agredir os paulistas, mas não conseguiu impor um futebol que promovesse a vitória, derrota cajuruense por 3 a 0.
A fase de grupo terminou com os lazarinos em segundo lugar na Chave A. Essa colocação fez com que os mesmos encarassem a equipe da casa, o Lavínia Esporte, que terminou em primeiro lugar na Chave B. Com o Estádio Municipal de Lavínia lotado, os bicolores cajuruenses imprimiram pressão nos primeiros 15 minutos e conseguiram o gol da classificação às semifinais ainda no primeiro tempo, João Pedro cobrou escanteio pela esquerda e Túlio Lacerda fez de peixinho, sem chances para o goleiro lavinense. O São Lázaro já estava entre os quatro melhores da Copa Sul Americana.
Nas semifinais o São Lázaro enfrentou o Santa Cruz de Belo Horizonte. A equipe belorizontina classificou-se em segundo no Grupo D. Essa chave ainda tinha o Ypiranga de BH, o Santos Futebol Clube e o Operário do Mato Grosso.
No tempo normal as duas equipes empataram em 0 a 0. A partida foi para a disputa de penalidades máximas. O goleiro lazarino, Luis Francês defendeu a primeira cobrança da equipe belorizontina, porém, os bicolores desperdiçaram uma também e a disputa ficou empatada.
Na última cobrança da equipe do Santa Cruz, logo após o São Lázaro converter a sua, Luis Francês defendeu o chute do atacante Artur Silva. A vibração tomou conta do Estádio, de todos os jogadores e comissão técnica. Porém, o assistente número um, Flávio Santos, mandou voltar a cobrança alegando que o goleiro lazarino havia se adiantado, o que revoltou toda a equipe cajuruense. As cobranças seguiram, o São Lázaro desperdiçou outra cobrança, o Santa Cruz converteu e saiu vitorioso.
Na disputa do terceiro lugar os lazarinos bateram o Itapurapo 1 a 0, gol de Lucas Humberto. A conquista em solo paulistano foi muito comemorada pelos lazarinos. O campeão da Copa Sul Americana foi o Santos que bateu o Santa Cruz.
No dia 23/01, a cidade de Carmo do Cajuru recebeu a delegação bicolor com foguetório e aplausos. O Executivo Municipal e o Legislativo recepcionaram os lazarinos na sede do poder Cajuruense. As autoridades parabenizaram o grande feito da equipe e exaltaram a dedicação da mesma em levar o nome de Carmo do Cajuru a outro Estado.
O troféu da conquista, assim como as fotos e o uniforme da equipe estarão em exposição na Prefeitura de Carmo do Cajuru até o final desse mês. 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.