quinta-feira, 15 de Setembro de 2011 11:27h

Saúde de Socrátes ainda é grave, já Ricardo Gomes apresenta recuperação positiva

O Hospital Albert Einstein divulgou no início da tarde desta quarta-feira um novo boletim sobre o estado de saúde do Doutor Sócrates, de acordo com os médicos o estado é estável e o ex-jogador está consciente e respira sem o auxílio de aparelhos.


Sócrates foi internado na madrugada da última segunda-feira, dia 5, com novo quadro de hemorragia digestiva alta e permanece sob cuidados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI)


Confira o boletim


O Hospital Israelita Albert Einstein informa que o paciente Sócrates Brasileiro Sampaio de Sousa Vieira de Oliveira permanece estável.
Continua sob cuidados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), porém agora está respirando sem o auxílio de aparelhos e consciente.
O Hospital Israelita Albert Einstein fornecerá boletins assim que houver nova informação.

 

 

Médicos Responsáveis
Dr. Ben-Hur Ferraz Neto
Dr. Pedro Custódio de Mello Borges

Diretor Superintendente do Hospital
Dr. Miguel Cendoroglo Neto

Foto: Socrátes
Legenda: O ex-jogador permanece internado em estado grave porém estável segundo boletim médico
Crédito: divulgação

 

 

Técnico Ricardo Gomes

 

 

O presidente do Vasco, Roberto Dinamite, esteve com o técnico Ricardo Gomes nessa quarta-feira e reiterou a garantia que o time carioca não vai procurar nenhum outro treinador até que a situação de Gomes esteja definida. Dinamite teve um encontro pessoal com o treinador e disse que ele se emocionou com a confiança depositada na sua recuperação.


Ricardo Gomes completou 48 horas em quarto privativo e sua evolução permanece constante. Ele não teve qualquer tipo de alteração clínica ou neurológica e segue lúcido, respirando de maneira espontânea e interagindo com os familiares e os demais visitantes. A grande novidade é que a sonda de nutrição foi retirada de maneira completa e ele passa a iniciar a dieta oral.


O comandante vascaíno ficou 15 dias internado no CTI. Os médicos não firmam uma data precisa, mas a previsão é de que em aproximadamente duas semanas ele possa ter alta do hospital e continuar a recuperação em casa. Neste meio tempo, são realizadas sessões de fisioterapia e fonoaudiologia para amenizar possíveis sequelas.
 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.