sexta-feira, 20 de Junho de 2014 09:39h

Seleção argentina realiza treino aberto à imprensa na Cidade do Galo

Equipe de Messi está hospedada no centro de treinamento do Atlético. Equipe enfrenta o Irã neste sábado (21/06), no Mineirão

Desde que chegou a Belo Horizonte, há nove dias, o treinador da seleção da Argentina, Alejandro Sabella, teve, pela primeira vez, os 23 jogadores à disposição para o treinamento na Cidade do Galo, na manhã desta quarta-feira (18/06). A imprensa acompanhou somente os 15 primeiros minutos, mas a expectativa é a de que o comandante escale o chamado quadrado mágico, formado por Messi, Agüero, Higuaín e Di María, no duelo contra o Irã, neste sábado (21/06), às 13h.

Desde os treinamentos prévios à Copa do Mundo, Sabella teve oito problemas médicos na equipe. O mais grave neste período foi a lesão de Rodrigo Palacio, que torceu o tornozelo esquerdo e não participou da vitória por 2 a 1, contra a Bósnia, na estreia da equipe argentina. Nesta quarta-feira (18/06), porém, o atacante da Internazionale treinou normalmente.

Poupado do treino de terça-feira, Di María também trabalhou com tranquilidade na manhã de hoje. A definição do time titular deve acontecer somente na quinta-feira (19/06), quando o combinado argentino fará um treino fechado para a imprensa. Na sexta-feira (20/06), a equipe vai treinar no Mineirão, palco da segunda rodada do Grupo F da competição.

Na Cidade do Galo, além do aquecimento dos jogadores, que foi aberto à imprensa, foram montadas, na outra parte do gramado, quatro balizas para realização de trabalhos técnicos. Alguns torcedores da cidade de Rosário também acompanharam parte dos treinos no local.

No próximo sábado, o Mineirão receberá o seu terceiro jogo do Mundial. A expectativa é a de que os argentinos tomem conta das arquibancadas, já que 25% dos ingressos foram vendidos para os 'hermanos'. Em segundo lugar, aparecem os torcedores norte-americanos, seguidos pelos ingleses e canadenses. No total, quase 50% dos ingressos da partida entre Argentina e Irã foram adquiridos por estrangeiros.

 

 

 

Boas lembranças no Mineirão

Na entrevista coletiva concedida à imprensa após o treinamento, o goleiro reserva da seleção argentina, Mariano Andújar, lembrou a conquista do título da Libertadores com o Estudiantes, em cima do Cruzeiro, em 2009, no Mineirão. “Tenho lindas recordações daqui, apesar de que o estádio era outro. Dizem que foi bem modificado”, comentou o jogador.

Mesmo questionado por parte da imprensa e alguns torcedores, o titular Sergio Romero deve permanecer à frente do gol dos Hermanos no duelo contra o Irã.  Na estreia argentina contra a Bósnia, o goleiro sofreu um gol por debaixo das pernas aos 39 minutos do segundo tempo e aumentou a desconfiança de alguns.

Augustín Orión, também reserva de Romero, não comentou a atuação do companheiro, mas destacou a importância de fazer parte do combinado nacional. “Goleiro tem uma função distinta, enquanto um joga o outro espera. Mas estar no time já é o máximo. Preciso sempre estar bem treinado. Nossa convivência é muito linda, estou muito feliz e contente com os garotos. Somos 23 com uma só missão”, enalteceu.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.