quarta-feira, 1 de Agosto de 2012 16:08h Gazeta do Oeste

Seleção derrota neozelandeses e garante 100% na 1ª fase

 Na primeira fase do torneio olímpico de futebol masculino, o Brasil cumpriu as expectativas de favorito: obteve os nove pontos disputados. A equipe do técnico Mano Menezes fechou a participação no grupo com sua vitória mais fácil diante da Nova Zelândia. O marcador de 3 a 0 saiu barato para o limitado representante da Oceania.

A comissão técnica brasileira ainda pôde poupar titulares. Titulares contra a Bielo-Rússia, Neto, Rômulo, Oscar, Hulk e Alexandre Pato ficaram apenas no banco de reservas nesta quarta-feira.

Os gols da vitória foram marcados por Danilo, Leandro Damião e Sandro. O saldo negativo do confronto ficou com a expulsão de Alex Sandro, que perde a partida das quartas de final.

Agora, a Seleção Brasileira aguarda o próximo adversário, o segundo colocado do grupo D, que pode ser Japão, Honduras ou Marrocos. A partida da etapa eliminatória será realizada no sábado, às 13 horas (de Brasília), novamente em Newcastle.

O Jogo

Classificada com antecipação, a Seleção Brasileira demonstrava jogar sem preocupação e dominava as ações mesmo com cinco mudanças na escalação em relação ao compromisso anterior. Em 11 minutos, Neymar brilhou em diversas jogadas ofensivas e chegou a balançar as redes, em um lance anulado pela arbitragem por impedimento.

A Nova Zelândia ameaçou adiantar suas linhas, mas logo foi envolvida pelo toque de bola brasileiro. Aos 23 minutos, o gol dos pentacampeões mundial esfriou ainda mais o rival. Danilo apareceu na entrada da área, tabelou com Leandro Damião e, com espantosa frieza, tocou na saída do goleiro.

Assustada, a Nova Zelândia não tinha poder de reação. O Brasil jogava com imensa tranquilidade e marcou o segundo em ritmo de treino, aos 29 minutos. Em lance pela esquerda, Marcelo improvisou um toque de calcanhar para Alex Sandro invadir a área e cruzar para o gol de Leandro Damião.

Aplaudido pela torcida, o Brasil encantava em alguns lances, com toques de primeira e constantes trocas de posição. A Nova Zelândia deu sorte em não levar uma goleada história ainda no primeiro tempo.

Mas os brasileiros seguiram soberanos na etapa completar. Aos seis minutos, uma jogada ensaiada proporcionou o terceiro. Marcelo bateu falta da esquerda, Leandro Damião errou a cabeçada no meio da área e Sandro apareceu no segundo pau para completar.

A partir daí, a prioridade seria evitar qualquer problema para as quartas de final. Porém, Alex Sandro acabou expulso em um lance em que o árbitro Bakary Gassama, de Gâmbia, considerou uma simulação do atleta que já tinha amarelo. Na lateral do campo, Mano Menezes ficou revoltado com o apitador.

 

 

 

 

 

 

 

HOJE EM DIA

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.