segunda-feira, 17 de Novembro de 2014 05:10h

Seleção fez treino tático e aprimorou finalizações

O domingo começou cedo para os jogadores da Seleção Brasileira na fria manhã de Viena

Se o horário do treino foi alterado para as 10 horas - nos dois dias anteriores o treinamento aconteceu à tarde - o que não mudou foi o empenho e a disposição dos jogadores.

O treino, como de costume, foi dividido em partes. Na primeira, enquanto Dunga trabalhava com os atacantes e os armadores o aprimoramento das finalizações - os jogadores "largavam o pé” com vontade -, o assistente Andrey Lopes organizava a defesa taticamente.

Depois houve a reprodução de um jogo, com o campo reduzido, com os times se alternando nas tarefas de atacar e defender, sempre valorizando o domínio e posse de bola.

Ao final, Dunga armou o time taticamente como um todo, que não contou no treinamento com Neymar, Filipe Luís e Fernandinho.

Neymar, com indisposição estomacal, permaneceu no hotel. Filipe Luís também ficou no hotel, com cansaço muscular, e trabalhou com o fisioterapeuta Odir de Souza.

Fernandinho fez exercícios na academia e correu no campo do Generali Arena.

Os três jogadores participarão do treino desta segunda-feira no Estádio Ernest Happel,  o local do jogo de terça-feira contra a Áustria.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.