segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2013 05:09h Luciano Eurides

Seletiva infantil e juvenil rendem quase meio milhão para FMF

Os valores devem ser depositados em conta até o dia 1º de março, caso não o faça estará automaticamente excluída da competição.

O departamento de futebol da Federação Mineira divulgou a nota oficial de Nº. 14/13 – DF onde as agremiações habilitadas para participar da seletiva da categoria básica de futebol, Infantil e Juvenil, temporada 2013 e o investimento de cada uma. Os valores devem ser depositados em conta até o dia 1º de março, caso não o faça estará automaticamente excluída da competição.
Participam 33 clubes de várias regiões do estado, entre eles o divinopolitano Vasco da Gama. Somando os investimentos chega-se ao montante de R$438.875,95 uma média de R$13.299,27 para cada participante. Associação Esportiva Uberabinha terá o maior investimento em R$ 24.990,65 e o Coimbra o menor com R$4.775,23. O Vasco da Gama terá de desembolsar R$13.277,64.
O investimento é calculado de acordo com a distancia de cada equipe em relação a Sede da Federação Mineira, pois o valor investido é com referencia a arbitragem para os jogos e o deslocamento deles até o local da partida. Assim um time de Belo Horizonte paga uma taxa menor que o time da Região Metropolitana e assim por diante até se chegar ao triangulo mineiro, a mais cara. Uberabinha, Bola Preta, Uberlândia e João Pinheiro ultrapassam a casa dos 20 mil reais.  O Araxá e o Vila Nova (de Araxá) estão com taxas idênticas, porem o Uberaba paga R$19.300,30, exatamente R$5.690,35 a menos que o Uberabinha.
Essa medida de acordo com os clubes foi colocada pela Federação para evitar atrasos e mesmo não pagamentos ao trio de arbitragem e representantes da FMF, isso ocorreu em anos anteriores.

 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.