quinta-feira, 27 de Setembro de 2012 09:41h Gazeta do Oeste

Sem alcançar meta do mês, Cuca confia em melhora de desempenho pelo título

O objetivo do técnico Cuca era conquistar 12 pontos em setembro e 12 em outubro, na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. Mas a derrota para o Flamengo, no Engenhão, por 2 a 1, impossibilitou que a meta fosse atingida pelo Atlético neste mês. O foco agora é se recuperar rapidamente para se manter firme na disputa com Fluminense e Grêmio.

A equipe alvinegra já disputou sete jogos e tem o último de setembro pela frente no sábado. O adversário é a Portuguesa, fora de casa. Até o momento, são oito pontos conquistados no mês. Caso vença a Lusa, o Galo alcançará a marca de 11.

“A gente tem um time bom, como Inter, Grêmio, Fluminense... Estamos passando por um momento ruim, em termos de resultados, mas temos confiança de que as coisas vão melhorar. Esse mês sempre falei que era o pior mês para nós. Mês que vem melhora. Mas temos que fechar esse mês com vitória. É complicado e difícil, mas temos que ter atitude como a do segundo tempo aqui (contra o Flamengo) e encaminhar uma reta final para os jogos de casa, onde a nossa torcida vai fazer a diferença”, analisa o treinador alvinegro.

Para outubro, Cuca também projetou 12 pontos, como revelou em entrevista na segunda-feira passada. “Mês que vem, projeto os mesmos 12 pontos, mas em seis jogos, sendo quatro em casa. E nós jogamos os últimos cinco jogos para vencer dois ou fazer sete pontos e sermos campeões”, disse ao programa Alterosa no Ataque.

O objetivo do comandante do Galo era ter 24 pontos em setembro e outubro. Caso vença a Lusa, ficará com 11 neste mês e passará a precisar de 13 no próximo para entrar bem na arrancada final do campeonato, de acordo com as contas de Cuca.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.