quarta-feira, 16 de Setembro de 2015 10:30h

Sinal de Alerta ligado na Toca da Raposa

Com duas vitórias, uma derrota e um empate nos últimos quatro jogos, o Cruzeiro conseguiu igualar o desempenho da campanha do primeiro turno

Depois de perder para Corinthians e Santos, a Raposa somou sete pontos nos confrontos contra Ponte Preta, Figueirense e Atlético. Nas primeiras seis partidas do Brasileirão, o time conseguiu a mesma pontuação.
O desempenho ainda está longe do obtido nas campanhas do bicampeonato brasileiro (2013/14), mas deu moral para o time encarar uma sequência que pode ser decisiva na luta contra o rebaixamento.
As próximas três partidas do Cruzeiro, atual 14º colocado com 29 pontos, serão contra Vasco (em casa), Chapecoense (fora) e Coritiba (em casa). São nove pontos contra adversários direitos na luta para evitar o rebaixamento. Contudo, os resultados do primeiro turno diante dos próximos rivais servem como alerta. A Raposa venceu o Vasco, mas perdeu para Chapecoense (em pleno Mineirão) e Coritiba.
O técnico Mano Menezes trabalha para evitar surpresas, especialmente diante do time carioca, lanterna da competição. “O Vasco vem de duas vitórias consecutivas, e eles têm uma tendência de crescimento. Não podemos deixar isso acontecer na quarta-feira”, alertou o treinador após o clássico.
Os embates contra clubes que brigam contra a segundona ganham mais importância em razão partidas seguintes da Raposa. Depois de receber o Coritiba no Mineirão, no dia 27 deste mês, o Cruzeiro terá duas partidas contra times que brigam por G-4: Grêmio (no Mineirão) e Atlético-PR (fora). Em seguida, o time de Mano fará mais um jogo como visitante, contra o Fluminense, no Maracanã.
Hoje, a Raposa terá pela frente o Vasco, às 22h, no Mineirão. O duelo poderia ser encarado como mais tranquilo há algumas rodadas, mas a reação do time carioca, que venceu os dois últimos jogos, ligou o sinal de alerta na Toca. “Sabemos que em um campeonato, como esse, tem muitas armadilhas e você faz um jogo como esse e depois jogos em casa contra um adversário que está mal na tabela. O Vasco vem de duas vitórias consecutivas, e eles têm uma tendência de crescimento. Não podemos deixar isso acontecer na quarta-feira”, avisou Mano Menezes.
É o melhor momento do Cruz-Maltino na competição. Lanterna do Brasileirão, com 19 pontos, o Vasco repetiu o próprio desempenho obtido nas rodadas 9 e 10, quando bateu Flamengo e Avaí. Desde então, os cariocas não tinham conseguido emplacar duas vitórias consecutivas no torneio, mas os triunfos sobre Ponte Preta e Atlético-PR deram novo ânimo ao clube na luta contra o rebaixamento.
Mena, expulso no clássico, e Fabrício, que levou o terceiro cartão amarelo, estão suspensos. A única opção para a lateral-esquerda é Pará. No lado direito, Mayke foi liberado do departamento médico nesta segunda-feira, mas ainda não deve ter condições físicas para quarta-feira.

Leia Também

Imagem principal
Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.