terça-feira, 5 de Novembro de 2013 08:11h

Site Quero Apoiar facilitará doações para projetos na Toca da Raposa I

Na categoria de base do Clube, situada na Toca da Raposa I, o Cruzeiro trabalha intensamente na formação de cerca de 120 atletas, jovens promessas que podem se transformar em craques no futuro. Além de extrair o máximo desses jovens, apostando em um futu

Na categoria de base do Clube, situada na Toca da Raposa I, o Cruzeiro trabalha intensamente na formação de cerca de 120 atletas, jovens promessas que podem se transformar em craques no futuro.  Além de extrair o máximo desses jovens, apostando em um futuro promissor para eles, o Clube também se preocupa com educação e saúde, para que os garotos se tornem um cidadãos exemplar e que possam, acima de tudo, vencer na vida.

Neste difícil mas gratificante desafio, o Cruzeiro Esporte Clube  tem sempre a necessidade de qualificar ainda mais a sua categoria de base. Para seguir tal conceito, o Clube, em parceria com o Ministério do Esporte já aprovou vários projetos com o intuito de otimizar os trabalhos realizados na Toca da Raposa I, através da Lei de Incentivo ao Esporte.  O primeiro deles, o “Aqui Começa o Futuro I”, foi executado com enorme sucesso e a prestação de contas apresentada ao poder público. Agora, o Cruzeiro tem, em processo de captação, dois projetos:  “Nilapes” e  “Aqui começa o futuro II”.

Além deles, existem novos projetos em processo final de aprovação, que objetivam sofisticar cada vez mais as instalações da Toca I. Um bom exemplo. O “Atleta Saudável”, que garantirá um moderno processo de manipulação dos alimentos visando atingir a excelência em quesitos como higiene, segurança e sincronia na Toquinha, por intermédio da modernização do setor de alimentação do Centro de Treinamento.

Tanto trabalho e inovação exigem constantes investimentos em  funcionários e equipamentos de primeira. Você, que é fanático pelo Cruzeiro, pode ajudar a Raposa a formar novos craques, como Vinícius Araújo, Mayke, Elber, Lucas Silva, Rafael e Wallace. Para isso, é preciso contribuir e auxiliar o Clube estrelado a lapidar os jovens talentos que um dia vestirão a camisa da equipe profissional do Cruzeiro. Quem declara o seu imposto de renda, no modelo completo, está autorizado a doar até 6% do seu IR devido para qualquer um dos projetos, valor que na declaração será colocado como despesa, para que o mesmo seja restituído ou abatido no valor do imposto a ser pago. A data limite da doação é 31 de dezembro deste ano.

“Hoje, pouquíssimos clubes investem nas categorias de base, devido à falta de recursos. Com a Lei de Incentivo ao Esporte, esses trabalhos podem ser reativados e até mesmo ampliados. O atleta é o maior patrimônio da nossa torcida e todos nós queremos ídolos. Então, nada melhor do que o Torcedor pegar parte do seu imposto de renda e destiná-lo para atletas nos quais ele acredita. O Torcedor só tem a ganhar, por isso, contamos com o apoio da Nação Azul”, afirma Deis Chaves, diretora de projetos incentivados do Clube.

“Temos que lembrar que se trata também de um trabalho de cidadania e não apenas de um sonho futebolístico. O Cruzeiro sempre se preocupou com a educação, disciplina esocializaçãodos jovens e sua formaçãoquevai além dos gramados. Queremos atletas que representem o Brasil e tenham um futuro promissor durante e após sua trajetória no futebol. Esse é o nosso diferencial”, completa.

Os projetos também podem ser apoiados pelas empresas, que declaram o imposto de renda pelo lucro real e deduzem até 1% do imposto devido, em cada período de apuração, até o dia 31 de dezembro deste ano, para qualquer um dos projetos que a Raposa promove, ganhando, em troca, diversos valores sociais provenientes do programa.

“É uma oportunidade para a empresa agregar valor à sua marca, gerar visibilidade espontânea, reforçar a imagem pública com escopo na responsabilidade social, e tudo isso sem custo, pois o empresário deixa de pagar parte do imposto, aplica em um projeto de sua confiança e abate na declaração anual da empresa”, destaca Deis.

Pensando em facilitar todo o processo de doação, o Clube celeste lançou o site Quero apoiar (www.queroapoiar.com.br/cruzeiro), plataforma que simula a declaração do imposto de renda, emitindo um boleto com o valor destinado ao projeto escolhido, que pode ser pago em qualquer agência bancária. Tudo feito, é claro, com muita transparência.

“O dinheiro é carimbado e vai para uma conta bloqueada, garantida e fiscalizada pelo Ministério do Esporte. O Cruzeiro irá receber imediatamente esse dinheiro, emitindo, posteriormente, relatórios de cumprimento do objeto referentes aos investimentos realizados com os recursos doados. A fiscalização será realizada in loco, de maneira muito transparente e disponível no site do programa”, ressalta a diretora de projetos incentivados da Raposa.

Com a sua ajuda, você pode fazer parte de algo que vai muito além dos gramados. Para mais informações, fale com Nivia de Araújo, através do telefone (31) 3349-1508 ou pelo e-mail projetosincentivados@clube.cruzeiro.com.br.

Projetos em fase de captação:

Aqui Começa o Futuro II

O projeto pretende disponibilizar gratuitamente a jovens de comprovada vocação esportiva treinamento de qualidade em futebol, para seu melhor rendimento. Será disponibilizado material esportivo, alimentação, tratamento médico e odontológico e toda infraestrutura necessária para prática do esporte. Esses jovens talentos receberão treinamento, aprimoramento e desenvolvimento técnico e humano.

Nilapes – Núcleo Integrado de Laboratórios da Performance Esportiva

O objetivo é otimizar o processo de formação e desenvolvimento dos atletas, desde a iniciação esportiva até o alto rendimento, utilizando o mapeamento genético do DNA de cada um dos nossos jovens jogadores feito por equipamentos da mais alta tecnologia.

Se você tem interesse em conhecer ainda mais os projetos Aqui Começa o Futuro II  e Nilapes – Núcleo Integrado de Laboratórios da Performance Esportiva, acesse o site: www.cruzeiro.com.br/diamanteazul

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.