sábado, 17 de Maio de 2014 06:48h Atualizado em 17 de Maio de 2014 às 06:52h. Luciano Eurides

Taça Pará de Minas mostra igualdades entre Palmeiras e Flamengo

A Taça Pará de Minas de Futebol teve duas partidas realizadas na noite de quinta-feira.

O Palmeiras recebeu o Flamengo nas categorias 2004 e 2000. Na 2004 houve a vitória do Flamengo por 1 a 0 e não faltou luta e disposição do time da casa. Já na 2000 o empate sem gols premiou os defensores que muito bem duelaram com os atacantes.

Na categoria 2004, os dois times lutaram muito. Foi um jogo muito igual. O flamengo venceu o jogo por 1 a 0, gol de Gabriel Rodrigues já no final da partida. Ele recebeu o lançamento de Lucas e entrou livre, tocou na saída do goleiro e deu os três pontos para a equipe rubro-negra. A vitória não foi fácil, o time do Palmeiras lutou muito, mas foi um jogo leal e de poucas faltas.
Pelo Palmeiras o garoto Pedro Lucas voltou a atuar. Ele teve uma leve fratura no braço e estava afastado, voltou e se machucou novamente, dessa vez no pé esquerdo. Ele acredita que estará em campo no final de semana. “Foi o primeiro jogo, treinei tranquilo, acho que está tudo bem, o Flamengo é muito bom e que possamos ganhar do Futgol. Levei um chute no pé e vou jogar sim”, disse.
Já pela categoria pré-infantil o jogo terminou sem gols. O time do Flamengo sentiu o fato de jogar fora de casa e teve de se segurar para não sofrer gols. O Palmeiras desequilibrou o jogo a partir da segunda metade do segundo tempo. Chegava mais vezes ao gol adversário, mas muito bem marcado. Os atletas tinham a opção do chute de fora da área e Marcelinho nas cobranças de faltas.
Cristian mais uma vez fez boas defesas. No geral o Palmeiras mudou a forma de jogar, se embolou um pouco para sair da marcação, mas foi muito ofensivo. O Flamengo corrigiu a velocidade na marcação, mas ainda é lento na saída de bola.
O atleta Carlos, ala da equipe do Flamengo, considerou os pontos positivos e negativos da equipe rubro-negra. “É um ótimo resultado e conseguimos esse empate fora de casa. Faltou um pouco de toque de bola no meio e fechamos bem lá atrás e impedimos também que eles fizessem o gol, nosso goleiro trabalhou bem. Jogo muito forte e valeu a pena.”
Por outro lado, Pedro, ala do Palmeiras, queria um jogo mais rápido. “O time deles estava com medo de jogar e [eles] ficaram caindo o tempo todo. Nosso time jogando para frente e eles atrapalhando o jogo, só faltou o gol. A marcação estava boa, focada e nosso goleiro catando tudo, salvou a gente”, disse.
No sábado, no estádio Pelezinho, o Palmeiras enfrenta o América na categoria mirim, às 9h30, às 10h30 entram em campo a categoria Dentinho contra o Futgol e a Pré-mirim às 11h30 joga contra o Riachinho.
O Flamengo, no domingo, às 9h30 recebe o Ferroviário na categoria Dentinho. Já o Vasco da Gama recebe, no sábado, pela Categoria Fraldinha, o Ouro Branco às 10h. Os demais jogos da Imef estão adiados por paralisação dos árbitros de Belo Horizonte.

 

Crédito da foto: Luciano Eurides

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.