segunda-feira, 29 de Fevereiro de 2016 13:53h Site oficial America-MG

TÉCNICO AMERICANO RESSALTA A VALENTIA DOS JOGADORES PARA EMPATAR O CLÁSSICO

Comandante do Coelho afirma que o time americano demonstrou ter condições de ser campeão mineiro no clássico contra o Cruzeiro

O clássico entre América e Cruzeiro na tarde de domingo (28/2), no Mineirão, teve emoção até o final. Após sofrer um gol no final do primeiro tempo, a equipe americana lutou durante toda a segunda etapa e foi premiada com o empate nos acréscimos em um golaço do lateral esquerdo Bryan.

A persistência dos jogadores americanos foi elogiada pelo técnico Givanildo Oliveira. O treinador destaca a valentia demonstrada pela equipe até os acréscimos da partida. Ele acredita que o clássico foi a prova de que o América tem totais condições de terminar o Estadual na primeira colocação.

“Está me agradando a maneira como os jogadores estão se portando, como foi hoje por exemplo. Foi um time que insistiu, que persistiu, que foi buscar e lutou até o final. Um time valente e que também jogou. Nós procuramos trabalhar a bola pelos lados, por dentro. É um time que mostrou que tem condições de ser campeão estadual”, enfatiza.

Analisando a partida, Givanildo Oliveira acredita que o resultado em 1 a 1 foi merecido pelo que América e Cruzeiro apresentaram no clássico. O técnico elogia o desempenho americano no segundo tempo e afirma que sua equipe poderia até mesmo sair de campo com um triunfo.

“Foi merecido pelo que apresentaram as duas equipes. Principalmente pelo segundo tempo que nós fizemos. Não conseguimos criar situações de área cara a cara com o goleiro, mas chutamos bastante, agredimos mais e com o time bem postado lá atrás. No primeiro tempo nós tivemos algumas situações boas, mas eles tiveram mais. Acho que foi um jogo igual. O empate valeu, mas pelo nosso segundo tempo, a gente poderia até sair com a vitória”, analisa.

OVERDOSE DE CLÁSSICOS

O clássico contra o Cruzeiro foi o primeiro de uma sequência de outros confrontos tradicionais que o time terá pela frente. O próximo compromisso da equipe americana será contra o Atlético, na quarta-feira (2/3), às 19h30, na Arena Independência. Desta vez o Coelho muda o foco para outra competição: a Copa da Primeira Liga.

A partida contra o Atlético será válida pela última rodada do Grupo I do torneio interestadual. O confronto pode definir a classificação do Coelho para as semifinais. O técnico Givanildo Oliveira comentou a necessidade de vitória contra o Atlético. Nem o empate não serve para as pretensões da equipe, que almeja a classificação.

“Agora já é de novo a Liga e nós temos é que ganhar. Se vai acontecer a classificação ou não, nós não podemos dizer. Por mais difícil que seja, nem o empate interessa, temos que ganhar de qualquer jeito para ver o que vai acontecer nos outros jogos”, observa.

A preparação para o clássico contra o Atlético começa nesta segunda-feira (29/2). Os jogadores americanos se reapresentam pela manhã, às 10h, no CT Lanna Drumond, quando iniciam os treinamentos para o jogo decisivo pela Copa da Primeira Liga.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.