sexta-feira, 22 de Junho de 2012 14:58h Gazeta do Oeste

Tenistas começam hoje classificatório para o Internacional de Tênis EOC

Antes dos grandes momentos e até mesmo para aumentar a ansiedade dos amantes do tênis, nos dias 22, 23 e 24 de julho, que antecede o (Torneio Internacional de Tênis )ITF, haverá um torneio de qualificação na Academia de Tênis do EOC e o ganhador leva uma vaga para participar do ITF, que terá jogos entre os dias 25 e 30 de junho, das 9 às 19 horas, e a grande final está marcada para o dia 1º de julho, a partir das 9 horas.
O Estrela do Oeste Clube sedia na Academia de Tênis, entre os dias 25 e 1º de julho, o Torneio Internacional de Tênis (ITF). Participam ao todo 80 atletas hankeados pela Associação de Tênis Profissional (ATP) mundial de diversos países como Israel, Argentina, Uruguai, Japão, Chile, Paraguai, Suécia entre outros. Nesta etapa os tenistas concorrem a uma premiação total de 10 mil dólares.

 


No ano passado, somente Belo Horizonte e Juiz de Fora sediaram um torneio internacional como este. "Quem escolhe a cidade que vai sediar é a Federação Mineira de Tênis, que optou pela segunda vez pelo Estrela do Oeste Clube por oferecer boas quadras e por investir na formação de atletas, através da escola do esporte. Tivemos a experiência em sediar o ITF em 2010 e neste ano a expectativa é ainda maior, pois receberemos aqui os melhores atletas do circuito nacional e mundial" explicou o diretor de tênis do EOC, Wander de Sousa.

 


Um dos atletas que promete surpreender no torneio é o paulista Ricardo Hocevar que em 2010 participou do torneio de Qualificação, no Open da Austrália conseguindo chegar pela primeira vez à uma chave principal de Grand Slam, sendo derrotado pelo ex-número 1 do mundo, Lleyton Hewitt.

 


Este ano nenhum jogador divinopolitano se classificou para o ITF, apenas um atleta de Governador Valadares e um Belo Horizonte representarão Minas Gerais, após conquistarem o primeiro e o segundo lugares no Torneio Alterosa de Tênis, em maio de 2012, na Academia de Tênis do EOC. "Todos são convidados para assistirem as partidas, lembrando que os atletas são profissionais e os jogos assim a gente só vê na televisão" acrescentou Wander.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.