quarta-feira, 10 de Junho de 2015 09:55h

Thiago Ribeiro se reencontra com o Santos

Anunciado como o quarto reforço do Atlético para esta temporada, Thiago Ribeiro veio por empréstimo do Santos até junho do ano que vem e, agora, terá a oportunidade de enfrentar o ex-clube

Sem se importar com o passado recente, o atacante garantiu que irá comemorar caso marque um gol no Peixe, no duelo desta quarta-feira, no Independência, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.
Diferentemente como acontece na maioria dos contratos de empréstimo entre equipes brasileiras, nos quais os jogadores são impedidos de entrar em campo contra os ex-times, o atacante atleticano poderá enfrentar o Santos. "Tenho muitos amigos no Santos. Vou cumprimentar todos. Só que a bola rolou, cada um defende o seu. Tenho que fazer o meu máximo pelo Atlético. Por todos os times que passei, sempre comemorei gols contra meus ex-clubes. Não acho desrespeito, mas sim você dar uma declaração polêmica ou desrespeitar alguém. Contra o Santos, se eu fizer gol, e vou buscar isso, vou comemorar normalmente", assegurou.
Para o atacante, enfrentar o Santos é uma coisa natural e não pensa em “revanche” pelo fato de não ter sido aproveitado pelo treinador neste ano. “Vejo como mais um jogo, não como jogo especial. É meu ex-clube, clube que ainda tenho contrato, mas estou emprestado ao Atlético até junho do ano que vem”, declarou.
No treino desta segunda-feira, Thiago Ribeiro integrou a equipe titular na vaga de Carlos recuperando a posição perdida no clássico contra o Cruzeiro, quando começou no banco de reservas e entrou apenas no segundo tempo.
O jogador ainda não conseguiu se firmar como titular absoluto do time de Levir Culpi. Foram dez jogos, sendo seis na equipe principal e quatro saindo do banco. Mesmo assim, Thiago Ribeiro não se incomoda com a situação. “Ninguém se sente dono absoluto da posição. Você está titular, você não é titular para sempre. Quando o jogador está titular, ele tem que dar o máximo e procurar render a cada jogo o melhor que pode para se manter. Em um grupo com jogadores de qualidade como o nosso, ninguém pode se sentir titular absoluto porque quem entrar pode roubar a vaga”, ressaltou.
O Atlético pode ter uma baixa para o jogo contra o Santos, nesta quarta-feira, às 19h30, no Independência. O atacante Luan treinou somente alguns minutos, na tarde desta segunda-feira, na Cidade do Galo, e deixou a atividade mais cedo com dores musculares na coxa esquerda. Desta forma, o jogador passa a ser dúvida para o confronto válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.
Luan deverá passar por exames de imagem e depois será reavaliado pelo departamento médico. Em relação ao time que perdeu o clássico, o técnico Levir Culpi havia promovido uma mudança: a saída de Carlos para a entrada de Thiago Ribeiro, que poderá enfrentar o ex-clube normalmente apesar de estar emprestado ao Atlético. Caso Luan não possa entrar em campo, Maicosuel deverá começar a partida entre os titulares.
Assim, a equipe que participou da atividade desta segunda-feira foi formada por Victor; Patric, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Rafael Carioca, Dátolo, Giovanni Augusto, Maicosuel e Thiago Ribeiro; e Lucas Pratto.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.