quinta-feira, 15 de Setembro de 2011 11:31h Luciano Eurides

Time com a cara de Emerson Ávila

Desde que assumiu a equipe do Cruzeiro, o treinador Emerson Ávila não teve uma semana completa para treinar a equipe. Para também tentar amenizar o clima ruim entre os jogadores, o técnico foi quem encarou a imprensa na Toca II. Fábio falou apenas a TV Cruzeiro, Roger também permaneceu em silêncio desde a volta para casa, quando Gilberto exigiu da torcida uma cobrança sobre a atuação deles no time celeste.


Emerson Ávila espera ter uma equipe mais forte fisicamente no jogo do próximo domingo, contra o América-MG, e que o trabalho e a preparação dos atletas possam fazer a diferença no confronto, válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.“Nós fizemos, em um período de domingo a sábado, três jogos. É desgastante, acumulam-se as viagens. Então, agora é usar fisicamente, que eles estejam mais inteiros. Foi bom, pensando de maneira positiva, o fato do (Marquinhos) Paraná não ter ido para o jogo (contra o Santos), também do Charles. São jogadores que podem agora estar melhor fisicamente para a partida de domingo e é esse o nosso pensamento”, disse ele.“O grupo está empenhando, todos os atletas querem vencer e fazer o melhor na semana para que estejam bem preparados. O momento é de fazer uma semana boa, primeira semana aberta para trabalhar. Falei com os atletas que acredito muito nos treinos. O que vamos fazer no domingo é o que vamos fazer durante a semana. Vamos fazer bons trabalhos para vencer o jogo. Como eu falei, a preparação nossa para o jogo vai determinar o bom desempenho ou não da equipe no domingo”, completou.


O treinador cinco estrelas destacou as qualidades do defensor, especialmente o bom posicionamento e a experiência do atleta, campeão da Copa América deste ano, pela seleção do Uruguai.“A chance é grande de ele retornar. Não vou colocar como 100% de certeza, mas a chance é muito grande. É um jogador experiente, jogador que se posiciona muito bem, acostumado a passar por situações complicadas, jogos difíceis e, se ele estiver em plenas condições, a possibilidade de ele jogar é muito grande”, declarou Ávila


Victorino se machucou durante a vitória do Uruguai sobre a Argentina, por 5 x 4 nos pênaltis, depois de empate em 1 x 1 no tempo normal, dia 16 de julho, pelas quartas-de-final da Copa América.


O atleta se recuperou da contusão e, há duas semanas, começou a fase de recondicionamento físico, para que ele possa ter condições de jogo o mais rápido possível.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.